Prefeitura anuncia lista oficial com os aprovados no Programa Bolsa Pós-Graduação

By -
"Eu acredito que esse dia seja histórico para a educação em Manaus”,  destacou o prefeito em exercício Wilker Barreto

“Eu acredito que esse dia seja histórico para a educação em Manaus”, destacou o prefeito em exercício Wilker Barreto

A Prefeitura de Manaus anunciou, nesta sexta-feira, 18, os nomes dos 1.193 estudantes de baixa renda considerados habilitados a participar do Programa Bolsa Pós-Graduação (PBPG). A lista dos aprovados foi gerada em solenidade realizada na sede da Escola de Serviço Público Municipal e Inclusão Socioeducacional (Espi), por meio de sistema desenvolvido pela Secretaria Municipal de Administração, Planejamento e Gestão (Semad).

A próxima etapa do programa, de acordo com cronograma estabelecido pela Espi, é a fase de recursos, que acontece nos dias 21 e 22 de setembro. Nesta fase, os candidatos não aprovados poderão questionar sobre os motivos pelos quais não foram aceitos pelo programa. Finalizada esta etapa, a Prefeitura passará a receber, entre os dias 22 e 24, os documentos dos estudantes aprovados na primeira chamada do processo. A entrega da documentação prevista em edital deverá ser feita na sede da Escola, à avenida Professor Nilton Lins, 3259, Bloco D, Parque das Laranjeiras.

Foram mais de 7,2 mil estudantes inscritos no primeiro edital do PBPG, que ofereceu 1.264 bolsas de estudo dividas nas cinco Instituições de Ensino Superior (IES) que aderiram ao programa: Universidade Nilton Lins, Faculdade Martha Falcão, Faculdade Salesiana Dom Bosco, Fundação Centro de Análise, Pesquisa e Inovação Tecnológica (Fucapi) e Escola Superior Batista do Amazonas (Esbam). Lançado em 31 de agosto, em edital publicado no Diário Oficial do Município (DOM), o PBPG começou a receber as inscrições no dia 2 de setembro, encerrando o processo no dia 13. 

bolsa-pos-graduacao-prefeitura-de-manaus 2Lista em tempo real

A lista completa com os nomes dos estudantes habilitados ao Bolsa Pós-Graduação foi gerada em tempo real, pouco depois da solenidade. Diante dos presentes, o prefeito de Manaus em exercício, o vereador Wilker Barreto, acessou o sistema da Prefeitura e deu início ao cruzamento automático dos dados dos estudantes inscritos. No total, o Portal do Candidato habilitou 1.193 candidatos que estavam dentro dos critérios do programa: nível superior completo, sem pós-graduação e renda familiar per capita de até R$ 1.970, o equivalente a dois salários mínimos e meio.

Ao fim da solenidade, Wilker destacou que a primeira chamada do Programa Bolsa Pós-Graduação representa um marco na gestão do prefeito Arthur Virgílio Neto. “Em Manaus, temos 17 instituições de nível superior, que demandam profissionais graduados do mercado. E sabe-se que hoje esse mercado cobra cada vez mais especialização. Eu acredito que esse dia seja histórico para a educação em Manaus”, avaliou Wilker Barreto.

O anúncio do resultado também contou com a presença de representantes de todas as cinco universidades particulares que aderiram ao programa: Nelly Vinhoto, coordenadora de cursos de especialização da Universidade Nilton Lins; Suelen de Paula Gonçalves, coordenadora de cursos de pós-graduação da Faculdade Martha Falcão; Fernanda Melo Cristina Pereira, coordenadora de cursos de especialização da Faculdade Salesiana Dom Bosco, e Márcia de Paula, coordenadora de cursos de especialização da Fucapi. 

bolsa-pos-graduacao-prefeitura-de-manaus 3Entrega de documentos na próxima semana

A Esbam, que teve o maior número de estudantes inscritos, foi representada pela coordenadora de cursos de pós-graduação, a professora Julia Camilotto, que representou todas as IES parceiras na mesa da solenidade. “Para nós, foi uma grata satisfação poder fazer parte do projeto. A Esbam está se preparando da melhor forma possível para que possa atender à demanda, que foi a maior [entre as universidades parceiras].Nossos cursos serão oferecidos, na sua grande maioria, aos sábados. E temos um prédio praticamente todo voltado para a pós-graduação”, garante a professora.

A diretora-geral da Espi, Luiza Bessa Rebelo, destacou que o PBPG é mais um dos programas de inclusão socioeducacional que a Prefeitura vem implementando à população, em especial a de baixa renda. “Hoje estamos divulgando o resultado o primeiro processo seletivo [do Bolsa Pós-Graduação]. Foram mais de 7,2 mil inscritos para 1.264 vagas. Isso demonstra o interesse da população por esse tipo de curso de pós-graduação”, avaliou.

Luiza lembrou que a entrega das documentações começará já na próxima semana. “Nos dia 22, 23 e 24, teremos a entrega dos documentos. A seleção é feita com base principalmente na renda dos candidatos. Eles terão três dias para trazer a documentação na sede da Escola, comprovando as informações. Caso não consigam comprovar, teremos uma segunda chamada, um período de remanejamento, para que possamos, de fato, fazer com que as bolsas sejam concedidas para quem efetivamente precisa”, concluiu a diretora-geral da Espi.

O Programa Bolsa Pós-Graduação foi instituído pela Lei n.º 1.933 de 19 de novembro de 2014 e pela Lei n.º 1.934 de 19 de novembro de 2014, também conhecida como Lei de Isenção de Tributos Municipais.

Roberto Brasil