Prefeito visita Jorge Teixeira e faz balanço de obras viárias do primeiro semestre

By -

neto

O prefeito Arthur Virgílio Neto acompanhou, nesta terça-feira, 30, os trabalhos do mutirão de obras, que durante esta semana estão concentrados na quarta etapa do bairro Jorge Teixeira, na zona Leste da cidade. Em dois dias de ações, a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) já chegou a 24 ruas. A meta é que 70 vias sejam contempladas com os serviços de recapeamento, tapa-buracos, além de recuperação de meio-fio, sarjetas e calçadas.De acordo com o prefeito, com a chegada do verão, outras comunidades também serão beneficiadas. Ele explica que no primeiro semestre deste ano foram quase 6 mil vias atendidas com serviços de infraestrutura.

“A chuva atrapalhou um pouco, mas vencemos o inverno e conseguimos fazer muito. Agora, com o verão, vamos mostrar ainda mais a nossa força de vontade em levar mais qualidade de vida para a população, sobretudo, aquela que mora nos bairros mais distantes da região central”, destacou Arthur Neto.

netp2

Prova disso é que somente no mês de junho, os trabalhos alcançaram 470 vias na Cidade Nova, na zona Norte. Depois, foi a vez das zonas Oeste e Centro-Sul receberem as ações de infraestrutura viária. Na Compensa 1, 2 e 3 foram 177 vias mapeadas, além de 72 ruas no Nova Esperança 1 e 2, mais 22 ruas no Santo Agostinho e mais cinco vias atendidas no conjunto Aruanã.

“O mutirão de obras veio para ficar. Além de dar um retorno mais positivo para os moradores dos bairros, essa estratégia possibilitou um alcance ainda maior dos nossos trabalhos e está gerando mais economia para o Município”, afirmou o secretário da Seminf, Alexandre Morais.

Isso porque, nos mutirões, todos os 16 distritos de obras da prefeitura são acionados e agem, coordenadamente, em uma única localidade. “Ao invés de deslocarmos material para vários pontos, gastando mais gasolina e dividindo a nossa mão de obra, focamos em um específico. Nossa resposta tem sido muito mais rápida e eficiente nas comunidades”, reforçou Morais.

 Aprovação popular

 Para Elisa Tomé, uma das líderes comunitárias da Cidade Alta, no Jorge Teixeira, as obras de melhoria viária vão refletir em mais saúde e mais segurança. “Aqui não tinha como entrar o carro da coleta de lixo, nem a polícia conseguia passar nas ruas totalmente destruídas. Agora, isso vai acabar e a nossa vida vai mudar para melhor”, comemorou.

Antoniel Jessé Souza Ramos, morador da rua Zero, uma das primeiras a receber os serviços do mutirão de obras na Cidade Alta, conta que há quase dez anos a população local esperava por uma solução. “É ver para crer, porque já tínhamos perdido as esperanças. Só quem convive com todos os problemas ocasionados pela falta de infraestrutura sabe o quanto essa ação é importante”, disse. “Acredito no trabalho sério dessa gestão e sei que muitas pessoas ainda serão beneficiadas”, concluiu.

Mario Dantas