Prefeito eleito de Codajás se esconde da Justiça

By -

abrahan-lincon

Procura-se o prefeito eleito do município de Codajás, Abraham  Lincon (PSD). Para não ser notificado pela Justiça Eleitoral por suspeita de compra de votos, o prefeito eleito sumiu do município para chegar ao dia da diplomação sem ser alcançado pelos tentáculos da Justiça. Abraham responde processos no Tribunal de Contas da União (TCU) e Tribunal de Contas do Estado (TCE).

O conselheiro do TCE, Lúcio Albuquerque, classificou como “uma piada” o fato de gestores públicos que têm prestações de  contas julgadas irregulares usarem o recurso do pedido de revisão, como foi o caso de Abraham Lincoln. Caso se confirme a previsão da presidente do TSE, ministra Cármen Lúcia, nenhum “ficha suja” tomará posse, pois não será diplomado.

Redação

miguel ricardo disse:

Motoqueiro não é ladrão, ladrão é ladrão. Alguns bandidos usam moto para praticar assaltos, entretanto não são motoqueiros, são ladrões. O mesmo raciocínio cabe para o evangélico. Evangélico é evangélico e corrupto é corrupto. Dr. Linconl não é evangélico, apesar de se declar evangélico, Dr. Linconl é um corrupto. Só.