Prefeito é roubado e ainda é motivo de ´chacota`em Manicoré-Am

By -
Lúcio Flávio

Lúcio Flávio

Uma situação está chamando a atenção e dando o que falar no município de Manicoré, na região do Purus.

A Polícia investiga o roubo de uma quantia milionária de dentro de um dos cômodos da casa do prefeito Lúcio Flávio (PSB) e as primeiras investigação apontam como principal suspeita a empregada doméstica do prefeito.

A investigação está sendo mantida em sigilo, mas de acordo com informações de pessoas mais chegadas ao prefeito dão conta que a empregada teria roubado cerca de R$ 2 milhões, mas outros afirmam que a soma gira em torno de R$ 600 mil.

O certo é que a grana sumiu e com esse dinheiro todo, a suspeita teria feito a farra e comprado casas, motos, e outros bens em Manicoré, que estariam em seu nome e de parentes.

Fontes afirmam que o dinheiro seria para bancar a campanha da candidatura de Sabá, apoiado por Lúcio Flávio, que não pode mais concorrer a reeleição.

O prefeito não comenta nada, seus advogados também não, mas a cidade toda já sabe do fato. O silêncio de Lúcio Flávio é porque se ele admitir que guardava uma soma milionária em casa, ele terá que se explicar direitinho a Receita Federal, a Polícia Federal, e ao Ministério Público,  ou seja, vai ter que dizer onde  e como conseguiu uma soma tão grande e porque guardava dentro de casa. Muitos estão gargalhadas e acham que o prefeito deve deixar pra lá, porque ele pode se complicar ainda mais. (Fonte / Correio da Amazônia)

Mario Dantas