Prefeito dá início ao recapeamento na avenida do Futuro e à construção de quatro quilômetros de ciclovia

By -

A Prefeitura de Manaus começou nesta terça-feira, 6/6,  a recuperação asfáltica da malha viária da avenida do Futuro, principal via de interligação entre o conjunto Jardim Versalles, no Planalto, e a avenida do Turismo, no Tarumã, e a construção de um ciclovia de quatro quilômetros de extensão nos dois sentidos da avenida. O início das obras foi vistoriado pelo prefeito Arthur Virgílio Neto acompanhado do vice-prefeito, Marcos Rotta, que também responde pela Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf).

 

Com a chegada do verão, a Prefeitura de Manaus retomou os trabalhos de recapeamento asfáltico em grandes corredores viários. Além da reestruturação, a via também receberá iluminação em LED, áreas de acessibilidade, reforma do canteiro, paisagismo e sinalização. No total, quatro quilômetros de pista estão sendo refeitos. Os trabalhos começaram no trecho que segue da rua 27, no Jardim Versalles, até a avenida do Turismo com a retirada do asfalto antigo. Somente no primeiro dia de ação, mais de cem metros da pista já tinham sido removidos.

 

“Essa obra é um símbolo de qualidade porque aqui vamos retirar todo o asfalto e fazer base, sub-base, asfalto de qualidade e mais os cuidados no entorno. Nós faremos aqui uma ciclovia nos dois sentidos atendendo a reivindicação dos ciclistas. Eu acredito no ciclismo não só como lazer ou esporte, eu acredito nele como modal de transporte”, disse o prefeito.

 

As equipes da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) já iniciaram a recomposição da base e subase com solo, cimento e brita e a imprimação do asfalto. Sequencialmente serão feitos os serviços de recapeamento com Concreto Betuminoso Usinado à Quente CBUQ (asfalto quente), à base de brita, que possui melhor qualidade e maior durabilidade.

 

O vice-prefeito e secretário de infraestrutura, Marcos Rotta, destacou que os trabalhos serão feitos nos dois sentidos da via. “Essa avenida já não suportava mais a aplicação de serviços de tapa-buracos. Por determinação do prefeito Arthur Neto, as equipes da Seminf, iniciam uma obra padrão da avenida do Futuro, no Tarumã. O asfalto antigo está sendo totalmente retirado e será substituído por uma nova massa asfáltica de padrão elevado. Já executamos serviços semelhantes na avenida Campos  Salles, no Santa Etelvina. A orientação do  prefeito Arthur é empreender, cada vez mais, o padrão de excelência na nossa administração.  Simultaneamente, estamos trabalhando em dois grandes corredores viários, na rua Engenheiro Vilar Fiuza e Antônio Mathias, no São José”.

 

Quem utiliza a via diariamente, como o empresário Arnaldo Amorim, comemora o início dos serviços. “A trafegabilidade aqui nesta via era péssima. Eu, que trabalho com transporte, sentia essa dificuldade diariamente. Quando cheguei hoje na empresa para trabalhar fui pego com essa grata surpresa. Estão retirando todo o asfáltico antigo e o serviço está ficando de primeira”, disse.

 

Os trabalhos de recuperação da malha viária na cidade estão sendo realizados desde o início do mês de maio. Aproximadamente 50 homens estão nas ruas durante a madrugada executando serviços de recapeamento asfáltico nos principais corredores viários, para melhorar as condições de tráfego para veículos e pedestres.

 

Mudança no trânsito

 

Com a realização da obra, o tráfego na avenida do Futuro está fluindo somente em uma faixa no trecho entre a avenida Cacilda Pedrosa a avenida do Turismo. Agentes do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manaustrans) estão na área para monitorar o trânsito e orientar oscondutores para o desvio.

 

Estação de Tratamento de Efluentes

 

Ainda na noite desta terça-feira, o prefeito Arthur Neto inaugura oficialmente a Estação de Tratamento de Efluentes do Parque Lagoa Municipal Senador Arthur Virgílio Filho, localizada no Japiim, zona Sul, como parte das comemorações pela Semana Municipal do Meio Ambiente. Já em operação, a nova ETE beneficia aproximadamente 500 famílias que moram no entorno do local, além de ser obra fundamental para o processo de despoluição da lagoa, prevista no projeto de requalificação do espaço. De acordo com o prefeito Arthur Virgílio Neto, a nova ETE atende à repactuação das metas estabelecidas pela Prefeitura, reduzindo em 15 anos o prazo para que a Manaus Ambiental cubra a cidade de 80% de esgotamento sanitário.

Mario Dantas