Prazo para recadastramento no Programa Bolsa Universidade encerra amanhã

By -

bolsa-universidade02Os estudantes que ainda não fizeram o processo de recadastramento obrigatório para o Programa Bolsa Universidade têm até amanhã, terça-feira (30), para a atualização dos dados. O benefício pode ser cancelado, se o aluno não prestar as informações exigidas dentro do prazo. Cerca de três mil estudantes encontram-se nessa condição, correndo o risco de perder a bolsa universitária. O Programa Bolsa Universidade é executado pela Escola de Serviço Público Municipal (Espi), órgão vinculado à Secretaria Municipal de Administração, Planejamento e Gestão (Semad). 

Para fazer o recadastramento, que acontece anualmente, os alunos que possuem o benefício – cerca de 16 mil pessoas – devem acessar o novo portal do programa, através do site www.bolsauniversidade.manaus.am.gov.br e fazer a atualização dos dados.

Segundo a diretora geral da Espi, Luiza Bessa Rebelo, aqueles que estão enfrentando problemas para concluir o recadastramento através do site devem comparecer à instituição (avenida Professor Nilton Lins, 3259, Bloco D da Universidade Nilton Lins – Parque das Laranjeiras), munidos de RG, CPF e documento comprobatório de vínculo com a universidade cursada. “Estamos com equipes reforçadas para atender os estudantes na sede da Espi e pelo telefone”, ressalta.

Luiza também explica que o recadastramento garante a transparência do processo e o rigor na fiscalização, para que o benefício alcance a fatia da população que realmente necessita desse impulso para ingressar na universidade. “Com a atualização de dados é possível acompanhar a situação socioeconômica e acadêmica dos estudantes do programa. A partir dessa análise, a matrícula é renovada ou o aluno entra em processo de desligamento programa”, afirma.

A exclusão, de acordo com ela, só ocorre quando o estudante não atende mais aos critérios exigidos para permanência no programa – casos em que há ascensão econômica ou desempenho abaixo do esperado na universidade. O público-alvo do programa, Luiza ressalta, são os estudantes de baixa renda, comprovadamente semcondições de custear os estudos.

O recadastramento é previsto pela Lei Municipal nº 1.357, que determina a sua realização periodicamente. O cruzamento dos dados obtidos com o recadastramento será feito do dia 1° a 10 de outubro. A lista com os nomes dos beneficiários em situação regular deve sair no dia 14 de outubro. O agendamento para entrevistas de alunos em situação irregular será de 15 a 19 de outubro. Para outras informações: 0800 092 6355.

Roberto Brasil