Pousadas são interditadas em ação da Vigilância Sanitária

By -

vigilancia-sanitaria-distrito-5Duas pousadas localizadas na avenida Buriti, no Distrito Industrial, zona Sul, foram interditadas nesta sexta-feira, 24, pela Vigilância Sanitária de Manaus, órgão de fiscalização da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), por ausência de licença sanitária para funcionamento comercial, além de encontradas irregularidades de estrutura predial como infiltrações, mofo, fiação elétrica imprópria, higienização inadequada de artigos de cama e banho, entre outras infrações.

vigilancia-sanitaria-distrito-2Segundo o coordenador da ação, fiscal de saúde Pedro Contente, a equipe realizou a fiscalização das pousadas a partir de denúncias encaminhadas ao 0800 092 0123, da Visa Manaus, com a inspeção de apartamentos, lavanderias e cozinhas, constatando as irregularidades nas duas pousadas vizinhas. “Constatamos que os estabelecimentos não têm licenças para funcionar e nenhuma atividade comercial pode ser desenvolvida”, alertou Contente.vigilancia-sanitaria-distrito-3

No terceiro estabelecimento inspecionado, no bairro Petrópolis, também na zona Sul, os fiscais não identificaram funcionamento de rotina e a atividade comercial da pousada. Como consequência e procedimento adotado nesses casos, a casa será alvo de nova inspeção, sem data e horário marcados.

vigilancia-sanitaria-distrito-1As pousadas interditas têm até três dias úteis para apresentar suas justificativas à Visa Manaus. Para retornar às atividades comerciais, os estabelecimentos terão ainda que providenciar a regularização das pendências encontradas pela fiscalização. Após avaliação de cada situação, será arbitrada multa que varia de 1 a 400 Unidades Fiscais do Município (UFMs). Em 2015, o valor da UFM é de R$ 83,78.

Roberto Brasil