Poucos problemas técnicos no segundo turno

By -

Mesários pararam de atender por quinze minutos em duas escolas nas eleições municipais de Manaus (segundo turno) por causa de atraso na alimentação e por falta de energia elétrica. A responsabilidade do fornecimento das refeições é da empresa contratada pelo Tribunal Regional Eleitoral e o problema teria sido na 59ª Zona Eleitoral, no Armando Mendez. Segundo o diretor geral do TRE-AM, Henrique Levy Neto, a falta de energia aconteceu por causa de um urubu ter batido contra os fios de um poste, não havendo maiores problemas uma vez que as urnas funcionam com bateria. O secretário de tecnologia da informação do TRE, Jander Assis Valente, explicou que ao todo são 3.200 urnas em Manaus, das quais foram trocadas seis, estando programadas duzentas de reserva para qualquer contingência. Estão trabalhando um total de 187 técnicos, sendo 173 na área urbana (173) e 14 na rural.///Mercedes Guzmán

Redação