Posse de Amazonino gera grande movimentação na Aleam

By -

Movimentação no local onde deve ocorrer a posse do governador eleito começou cedo após convocações via WhatsApp

O fluxo de pessoas começou cedo na manhã desta quarta-feira (4) na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM) por conta da expectativa pela posse do governador eleito e diplomado Amazonino Mendes (PDT).
Nos bastidores, foram realizadas convocações por meio de grupos de WhatsApp tanto do governador eleito quanto do governador interino David Almeida (PSD) para comparecerem desde às 6h30 na sede da ALE. De acordo com o deputado Adjuto Afonso, que é aliado de Amazonino, a posse deve ocorrer às 11h. O horário limite estipulado pela Justiça é às 14h.

E começaram cedo as filas para os apoiadores de Amazonino e David adentrarem a ALE. Por volta das 7h, a movimentação já era grande na porta da Assembleia. A intenção dos presentes, a maioria favoráveis a Amazonino Mendes, era ocupar a galeria para garantir lugar na posse. Por volta das 8h30, as filas continuavam no local.

Vereador no aguardo

O presidente da juventude do PDT, vereador de Nhamundá que entrou também com um mandado de segurança para a posse imediata, Mauro Nogueira, afirma que a manifestação é pacífica e que é em favor do Amazonas a pressão na Casa Legislativa estadual. “A gente está aqui como eleitores, como amazonenses para que esse poder que é a Assembleia Legislativa possa cumprir a posse do governador eleito Amazonino Mendes, já que eleição atípica e quanto mais rápido a diplomação, posse e que ele assuma o governo, melhor para o nosso Estado”, disse.

O vereador contou que a movimentação do grupo que apoia Almeida também foi convocado para causar intriga. “Estão arquitetando para que pessoas venham brigar com a gente”, revelou.

De acordo com o parlamentar, a possibilidade da posse ser às 10h não vai fazer com que os militantes do PDT desistam de se mobilizar. “Nem que seja até amanhã, vamos esperar”, destacou.

Decisão motivou posse

Na manhã de ontem (03),  os advogados de Amazonino ingressaram no Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM) com um mandado de segurança para tomar posse até as 14h de hoje. A decisão favorável foi dada durante a tarde pelo Desembargador Djalma Martins.

Quaisquer membro da Mesa Diretora da ALE-AM  podem dar posse ao governador eleito.

(com Portal A Crítica)

Roberto Brasil