Porto das balsas do Ceasa com saída moderada

By -

O porto das Balsas do Ceasa, travessia Manaus-Careiro da Várzea, registra baixa procura na quarta-feira. O maior volume de carros deve ocorrer nesta quinta-feira, 30, quando devem ser transportados em torno de 350 veículos. Cada veículo leva em média 3 pessoas.

 De quinta a sábado devem sair um total de 800 veículos de Manaus. Esse número se baseia na pesquisa do ano passado, quando a enchente afastou os viajantes dos ramais e dificultou a chegada aos municípios de Careiro Castanho, Autazes e Manaquiri. O número de carros de passeio pode até aumentar para mil, caso se confirme a previsão do tempo pelo CPTEC/INPE, que afirma ser de apenas 5% a possibilidade de chuva de quinta a sábado.

 

A SNPH já garantiu a disponibilidade de cinco balsas para este feriado e fim de semana, mas há a possibilidade de uma sexta balsa entrar no circuito. Só deve ocorrer fila no início da manhã desta quinta-feira e no final da tarde, porém a espera nesta fila não deve ultrapassar 1h.

 Com temperaturas máximas que devem variar de 32 a 34 graus  é bom o motorista estar abastecido com garrafas d´água durante a viagem, desde a saída do Porto Ceasa até o destino. A BR 319 e suas vicinais tem relativa  escassez   de comércio.  A cobertura do porto consegue abrigar 20 veículos leves e 8 caminhões que aguardam na fila. 

 

O consumo de bebida alcoólica por parte de motoristas não será tolerado, conforme manda a lei. Tanto a Polícia Militar quanto a SNPH podem identificar motoristas que desrespeitam a lei e põe em risco a sua própria vida e a dos outros. Quando identificados visualmente, aciona-se a Polícia Rodoviária Federal, que constata o teor alcoólico, aplica a multa, recolhe o carro e pode atém prender o acusado.

 

LANCHAS DE TRANSPORTE RÁPIDO E TURISMO

O Terminal Hidroviário Travessia Manaus-Careiro da Várzea está equipado com um flutuante que abriga, diariamente,  o embarque e desembarque de pelo menos 60 lanchas rápidas que fazem a travessia, com uma média de 20 minutos no trajeto.

 Outra opção para quem quer conhecer as belezas naturais do entorno do Encontro das Águas são 23 lanchas de turismo sustentável. Onde, ribeirinhos de cinco comunidades levam aventureiros de Manaus e de todo o mundo por mais de 12 destinos turísticos. As voadeiras saem a todo momento. Os preços são convidativos. É possível conhecer e passear por meia hora no Encontro das Águas por apenas R$ 30,00.  A Cooperativa de ribeirinhos chamada de Solinegro foi criada com o incentivo do Governo do Estado e em breve vai receber o selo da Embratur.  É turismo sustentável, barato e de alto valor agregado.

Redação