Ponta Negra se veste de azul para celebrar Dia do Autismo

By -

Neste domingo (2) um dos principais cartões postais do Amazonas, o Complexo Turístico Ponta Negra, se vestiu de azul para celebrar o Dia Mundial de Conscientização do Autismo. A Prefeitura de Manaus promoveu diversas atividades físicas como a “Caminhada e Pedalada da Inclusão”, além de aulas de zumba, exposições temáticas, brincadeiras com jogos adaptados para as crianças, atendimento jurídico com a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), orientação pelas organizações presentes às famílias e ao público, venda de camisas das entidades parceiras e, ainda, das “Pulseirinhas da Integração”. Conforme a organização do evento, pelo menos, mil pessoas participaram da ação.

“Estamos aqui para mostrar a integração da prefeitura com as diversas entidades que militam em prol da conscientização sobre o autismo. O que queremos é mostrar o engajamento do prefeito Arthur Virgílio Neto, que criou o Espaço de Atendimento Multidisciplinar Amigo Ruy, voltado para essa causa e que ajuda a quase duas mil pessoas”, destacou o prefeito em exercício Marcos Rotta, ao dar a largada da Caminhada e Pedalada da Inclusão, acompanhado da sua esposa Tecla Caddah.

Durante toda esta semana, uma série de atividades serão desenvolvidas para chamar atenção sobre o autismo. A programação é coordenada pela Secretaria Municipal de Mulher, Assistência Social e Direitos Humanos (Semmasdh), em parceria com outras estruturas da prefeitura e com as instituições filantrópicas.

“O que queremos é esclarecer as dúvidas sobre esse transtorno e, principalmente, a quebra do preconceito. A onda azul começa hoje e durante toda essa semana continuaremos chamando a atenção da sociedade para a inclusão e para o respeito ao autista”, disse o secretário da Semmasdh, Elias Emanuel.

Também participaram do evento as secretarias municipais de Educação (Semed), da Saúde (Semsa), da Juventude, Esporte e Lazer (Semjel), de Limpeza Pública (Semulsp), a Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), o Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans), Guarda Municipal e Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb).

Para Vera Barbato, uma das fundadoras do grupo Autismo Gerando Informação com Responsabilidade (Agir), destacou a iniciativa como fundamental para que mais e mais pessoas tomem conhecimento sobre o Autismo. “Até pouco tempo, o autismo ainda era algo desconhecido. Muita gente não sabia que tinha um filho com essa condição. O que queremos é que as pessoas saibam cada vez mais como agir, o que fazer se descobrir um filho ou alguém autista e que as demais pessoas aprendam a respeitar e possam incluir os autistas na sociedade”, comentou.

Pedalada da Inclusão

A pedalada teve um percurso de 10 km, com saída do Anfiteatro da Ponta Negra até o Shopping Ponta Negra, retornando ao ponto de partida. Já o trajeto da caminhada foi menor, de 2 km, também com saída no anfiteatro e retorno ao chegar à rotatória da Ponta Negra. A ação faz parte do projeto Jogos Adaptados André Vidal de Araújo (Jaavas) da Semed, criado em 2012, para proporcionar a inclusão social de pessoas com deficiência por meio do esporte.

“Essa é a quarta edição da pedalada e o evento busca chamar a atenção da sociedade para a questão da inclusão das pessoas com deficiência”, reforçou a coordenadora dos Jaavas, Shirley Amaral.

A rede municipal de ensino tem matriculados, atualmente, cerca de 4,3 mil alunos com deficiência, em 406 escolas, sendo 920 autistas. A prefeitura vem trabalhando para aumentar ainda mais os números de alunos inclusos, além de atender às recomendações do Ministério da Educação (MEC), das legislações vigentes e das Políticas Nacional e Internacional relativas à Inclusão, às quais orientam que os alunos com deficiência estudem em salas regulares, como forma de trabalhar a inclusão social dos mesmos.

Mais atividades esportivas

Além da Pedalada e Caminhada da Inclusão, atividades como ‘aulão’ de ritmos, pula-pula, futebol de travinha, circuito motor e a “Corridinha do Autista”, com entrega de medalha para todos os participantes, também foram realizadas pela Semjel. As atividades esportivas e inclusivas são realizadas rotineiramente em diversos pontos, como explicou o secretário da Semjel, Mário Barros.

“Ficamos muito felizes em ver tantas pessoas participando de atividades como essa, mas o que poucas pessoas sabem é que no nosso dia a dia trabalhamos com os autistas e com pessoas como outros tipos de deficiência no Eldorado e na Minivila Olímpica do Coroado, realizando o acolhimento por meio da prática esportiva”, divulgou Mário Barros.

As atividades ajudam na coordenação motora e socialização das crianças com transtorno do espectro autista. Acompanhando o filho Yago Cauã, de 6 anos, Maria do Carmo afirmou que as atividades ajudam no desenvolvimento de seu filho. “Ele fica muito feliz de participar dessas atividades com os colegas. Em casa ele fica muito agitado, estressado e aqui ele pode interagir e brincar com outras crianças. Nada paga a felicidade dele”, contou.

CAPs também estiveram presentes

Aproximadamente 70 pessoas atendidas pelos três Centros de Atenção Psicossocial (Caps), participaram da caminhada. Nos Caps, a Prefeitura oferece o acompanhamento multiprofissional com psicólogos, fonoaudiólogos, farmacêuticos e pediatras ocupacionais.

“É compromisso da Prefeitura de Manaus oferecer todas as condições para que as pessoas com autismo, além de seus familiares, possam dispor de acompanhamento psicossocial para que eles possam ser incluídos na sociedade”, disse a gerente da Rede Psicossicial da Semsa, a psicóloga Efhitmia Haidos.

Programação

Na manhã desta segunda-feira (3) a Associação Amigos do Autista (AMA) irá celebrar uma Missa em Ação de Graças na Igreja de Nossa Senhora de Fátima, às 8h, e a Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) realiza uma sessão especial em Homenagem ao Dia Mundial de Conscientização do Autismo. Ainda nesta segunda, a fachada da Prefeitura de Manaus se ilumina de azul a partir das 19h.

Na terça-feira, dia 4, a Semmasdh e entidades do autismo realizam uma grande mobilização na avenida Djalma Batista, na altura do Posto 700, com orientação aos motoristas e pedestres. E, no dia 5, haverá teatro interativo no Capsi. Já no dia 6, ocorre o passeio no Parque Cidade da Criança com os usuários do Capsi.

No dia 8, o Instituto Autismo no Amazonas realiza uma feijoada beneficente no Clube Municipal. No dia 10, a OAB-AM realiza a palestra “Autismo em União”, com a participação de diversos órgãos e instituições.

EM TEMPO

Roberto Brasil