Policiais militares e civis frustraram hoje tentativa de furto à agência bancária em Novo Airão

By -

assaltantes-novo-airaoPoliciais lotados no 6º Grupamento de Polícia Militar (GPM) de Novo Airão em parceria com o 9º Batalhão de Polícia Militar (BPM) e policiais civis lotados no município, frustraram na madrugada desta segunda-feira (20), uma tentativa de furto à agência bancária da cidade. Dois homens foram detidos e várias ferramentas apreendidas.

De acordo com os Policiais Militares que atenderam a ocorrência, a unidade militar foi informada por volta das 3h40 de hoje que a agência bancária estava sendo furtada. A ação dos infratores foi flagrada pela central de monitoramento localizada em São Paulo que acionou o gerente.

Imediatamente, com o apoio dos policiais civis foi feito deslocamento até o banco e realizado um cerco. Com a colaboração do gerente de identidade não divulgada, a equipe de policiais adentrou o estabelecimento e flagraram dois homens tentando violar os caixas eletrônicos, os quais receberam voz de prisão e foram detidos, além de terem apreendido as ferramentas que utilizavam.

Dentre o material apreendido constam (02) celulares; um revólver calibre 38 com seis munições intactas; outro de mesmo calibre 38 com oito munições intactas, todas as armas patrimoniadas ao banco; (01) simulacro de pistola cor preta com numeração; (01) maçarico de corte e um cilindro de gás acetileno e outro de oxigênio; (01) kit de solda; (01) furadeira elétrica à bateria e uma bateria extra; (02) alicates de pressão; (01) uma chave de fenda pequena; (01) alicate universal cor amarela; (01) uma furadeira manual; (01) um par de luvas; (02) gandolas pretas; (02) balaclavas cor preta; (02) duas câmeras de monitoramento arrancadas do banco; (02) painéis de coletes balísticos, pertencentes a vigilantes da agência; (03) capas de coletes balísticos também dos vigilantes; e (01) um cinto de guarnição.

Os infratores identificados como Kevin de Andrade Filgueiras, 21, e Redson da Silva Viana, 21, e todo o material apreendido foram conduzidos e apresentados à delegacia de Novo Airão para os procedimentos de polícia judiciária.

Roberto Brasil