Policiais e Bombeiros Militares participam hoje de movimento contra Dilma em Manaus

By -

Manifestaçao-PMAMNa tarde deste domingo (13), a partir das 16h, policiais e bombeiros militares do Amazonas participam da manifestação contra a presidente da república Dilma Rouseff. A ação foi confirmada pela Associação dos Cabos e Soldados da Polícia e Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (ACS) através de comunicado.
Segundo a diretoria da ACS, policiais e bombeiros que estão em folga confirmaram presença no movimento, pois estão insatisfeitos com a atual gestão do país e os constantes escândalos assistidos diariamente em rede nacional.

De acordo com o presidente da ACS, cabo Igo Silva, os reflexos da má administração do País chegou ao Amazonas. “Nossa categoria foi diretamente afetada pela crise. Temos companheiros que estão há anos na mesma função por conta do mau gerenciamento de políticos que sequer se preocupam com o povo brasileiro e só engordam suas contas bancárias no exterior”, ressaltou.

Segundo o diretor financeiro da associação, Adriano Souza, a medida se faz necessária dadas as condições em que se encontra o Brasil. “Nós temos que lutar pelo nosso País. Nós a elegemos e nós temos o poder de tirá-la de lá. Se uma gestão não está dando certo, temos autonomia para corrigí-la. Estamos lutando por um bem maior. Esse é o país que vivemos e nossos filhos dependem disso”, frisou.

A concentração dos militares dar-se-á na Ponta Negra, local onde está marcado o movimento contrário pró Dilma. A intenção é fazer frente à minoria que ainda apóia a gestão petista.

Vale ressaltar que a intenção do movimento não é gerar conflitos, mas somente expor a democracia de um povo insatisfeito com o País em que vive.

Roberto Brasil