Policiais civis e militares participam de demonstração de novos fuzis T4 da Taurus

By -
Servidores dos órgãos de Segurança do Estado, Forças Federais e Forças Armadas participaram, nesta quarta-feira (26), de uma demonstração dos novos fuzis da marca Taurus, que estão em processo de aquisição pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM). A demonstração ocorreu no Batalhão de Operações Ribeirinhas e Estande de Tiro da Marinha.

Para a demonstração, a empresa fabricante dos fuzis, a Taurus, disponibilizou as munições, que foram utilizadas no teste por policiais da Polícia Militar, Polícia Civil e militares das Forças Armadas. Participaram da demonstração, o Secretário de Segurança Pública do Amazonas, Sérgio Fontes, o Delegado-Geral da Polícia Civil, Frederico Mendes, o comandante da PM, David Brandão, comandantes das Forças Armadas e demais autoridades da área de Segurança.
Os novos fuzis reforçam o aparato de armamento das Forças Estaduais de Segurança, principalmente, nas operações fluviais. Ao todo, mais 70 fuzis devem ser adquiridos, além dos 70 que foram cedidos pelo Exército e já foram distribuídos às Polícias Civil e Militar.
O secretário de Segurança destacou a importância do investimento para o combate ao crime organizado. “Nós vamos acrescentar esse armamento ao arsenal que já existe e precisamos dele por conta dos constantes enfrentamentos principalmente na área fluvial e precisamos do poder de fogo pra fazer frente a essa nova realidade”, afirmou.
O fuzil T4 calibre 5.56 é mais leve e compacto, o que possibilita agilidade nas ações de alto risco em matas e rios. “Esse armamento alia precisão, facilidade de manuseio e poder de fogo que o tornam ideal para uso em diferentes tipos de missão”, afirmou Sérgio Fontes.
Segundo o comandante-geral da Polícia Militar, coronel David Brandão, os policiais dos grupos especiais já possuem treinamento para utilização dessas armas, mas os treinamentos são constantes. “Este ano nós capacitamos mais de 1.300 policiais militares em diversos armamentos e para este específico nós temos um treinamento direcionado que possibilita precisão e eficiência na utilização da arma”, disse.
Base Anzol – Sobre a ocorrência na Base Anzol, na última segunda-feira (26), onde policiais da Base entraram em confronto com criminosos que desciam o rio Solimões em uma embarcação, o secretário Sérgio Fontes informou que os policiais utilizavam armamentos de grande poder de fogo, como fuzis calibre 5.56 e 7.62, porém, no momento do confronto, estavam apenas em uma lancha.
Devido às más condições de visibilidade no rio, os criminosos conseguiram fugir do local. “Sair em duplas ou em três lanchas é o que estamos recomendando e esse armamento que estamos apresentando agora tem uma importância muito grande nessas operações, pois nos dá maiores chances de enfrentamento aos criminosos”, afirmou.
O secretário destacou que todos os policiais das forças estaduais de Segurança são altamente capacitados para desempenhar operações fluviais, bem como o manuseio dos armamentos disponibilizados pelo Sistema de Segurança Pública à Base Anzol.
Roberto Brasil