Polícia tenta localizar mandante e autor de homicídio na zona Norte

By -
O crime com envolvimento de Nasson Santos é considerado um acerto de contas pela Polícia

O crime envolvimendo Nasson Santos é considerado um acerto de contas pela Polícia

A Polícia Civil do Amazonas, por meio do delegado Ivo Martins, titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), solicita a colaboração de todos na divulgação da imagem de Nasson Clesio Silva dos Santos, 31, procurado por ser o mandante do homicídio de um adolescente de 17 anos, Pablo Almeida da Silva, ocorrido na manhã de quinta-feira, dia 15 de outubro, por volta das 11h30, na Rua São Hermes, bairro Monte das Oliveiras, zona Norte.

De acordo com Ivo Martins, os autores do homicídio já foram identificados. Um adolescente de 17 anos teria feito os disparos com arma de fogo que ocasionaram a morte de Pablo e Nasson seria o mentor do crime. O delegado explica que o delito é considerado um acerto de contas, pelo fato da vítima, que era usuária de drogas, ter sido apreendida há duas semanas com entorpecentes e informado a policiais civis que havia comprado os entorpecentes na “boca de fumo” comandada por Nasson.

“O mandante do crime, com o intuito de se vingar da delação, ordenou que o adolescente fosse até a casa da vítima para executá-la. O infrator chegou ao local e foi recebido pela mãe de Pablo. Na ocasião, o autor dos disparos observou a mulher ir chamar o filho e a seguiu, efetuando os disparos assim que viu o garoto. A vítima chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu”, explicou Ivo Martins.
A autoridade policial disse que a mãe do adolescente que cometeu o homicídio esteve na sede da DEHS e, em depoimento, confirmou que foi o filho dela quem matou Pablo, a mando de Nasson. A mulher teria confirmado que após praticar o delito o rapaz teria ido à casa onde eles moram, ainda portando a arma do crime, trocado de roupa e deixado o imóvel.
Ivo Martins ressalta que Nasson já responde a processos por tráfico de drogas e que atualmente cumpre pena em regime semiaberto de uma unidade prisional do Estado. O delegado esteve na residência de Nasson e também em endereços de familiares dele, mas não conseguiu localizá-lo. Por conta disso, ele passa a ser considerado foragido da Justiça.
Em relação ao autor do homicídio, Ivo Martins informa que ele será encaminhado à Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai) assim que for localizado.
“Solicitamos que entrem em contato conosco pelos números da DEHS caso tenham qualquer informação que possa contribuir com o trabalho investigativo da Polícia Civil ou leve ao paradeiro dos procurados. Os números são: (92) 3636-2874 ou 99273-6161. As informações também podem ser feitas ao 181, o disque-denúncia da Secretaria de Segurança Pública do Estado do Amazonas (SSP-AM). Asseguramos o sigilo da identidade dos informantes”, garantiu Ivo Martins.

Roberto Brasil