Polícia prende mulher que ateou fogo na cunhada

By -
Darianny teria discutido com a cunhada por algo relacionado ao irmão da vítima

Darianny teria discutido com a cunhada por algo relacionado ao irmão da vítima

De acordo com o delegado titular do 25º DIP, Cícero Túlio, a jovem, que estava sendo considerada foragida da Justiça, foi localizada por meio de um trabalho de inteligência, iniciado em março deste ano, pelos policiais civis que atuam na referida delegacia.

“Ela foi presa em cumprimento a mandado de prisão, expedido em março deste ano, pelo juiz Anésio Rocha Pinheiro.

A Polícia Civil do Amazonas, por meio da equipe de investigação do 25º Distrito Integrado de Polícia (DIP), prendeu na manhã desta terça-feira, dia 26, no bairro Zumbi dos Palmares, zona Leste de Manaus, Darianny Medeiros Monteiro, 23, procurada por tentativa de homicídio cometida contra a cunhada dela, a balconista Fabiana Silva e Silva, 29, crime ocorrido em 22 de agosto de 2013, na mesma área onde ocorreu a prisão da infratora.

De acordo com o delegado titular do 25º DIP, Cícero Túlio, a jovem, que estava sendo considerada foragida da Justiça, foi localizada por meio de um trabalho de inteligência, iniciado em março deste ano, pelos policiais civis que atuam na referida delegacia.

“Ela foi presa em cumprimento a mandado de prisão, expedido em março deste ano, pelo juiz Anésio Rocha Pinheiro. Assim que o documento foi expedido iniciamos um minucioso trabalho investigativo. Por meio do sistema de dados da polícia e relatos obtidos com conhecidos dela, identificamos os locais onde poderíamos encontrá-la e, nesta manhã, obtivemos êxito”, disse Cícero Túlio, enfatizando que a infratora deixou de cumprir as intimações feitas pelo Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE-AM), relacionadas ao crime.

A autoridade policial destacou, ainda, que, no dia do fato, Darianny teria discutido com a cunhada por algo relacionado ao irmão da vítima, marido da infratora. “Durante a briga, Darianny jogou um frasco de álcool na balconista e, em seguida, ateou fogo em Fabiana, que teve queimaduras em 70% do corpo”, relatou o titular do 25º DIP.

Após os procedimentos legais na delegacia, a infratora foi encaminhada ao Centro de Detenção Provisória Feminino (CDPF), onde irá permanecer à disposição da Justiça.

Roberto Brasil