Polícia prende homem com armamento de guerra

By -
Durante abordagem ao carro de Adonis foram encontrados os armamentos e a munição

Durante abordagem ao carro de Adonis Magalhães foram encontrados os armamentos e a munição

A Polícia Civil do Amazonas, em uma ação conjunta envolvendo investigadores da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd), integrantes da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) e a equipe de investigação do gabinete do delegado-geral, Francisco Sobrinho, prendeu, em flagrante, no bairro Cidade Nova 2, zona Norte de Manaus, o enfermeiro e empresário Adonis Ferreira Magalhães, 37, por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito.

De acordo com o delegado Adriano Felix, titular da Derfd e coordenador da ação, no momento da prisão, Adonis estava em posse de dois fuzis, modelo Colt 556, com a numeração raspada, contendo 52 projéteis intactos, que seriam comercializados para integrantes de uma facção criminosa.
Felix destacou que, o secretário executivo adjunto da Seap, major Klinger Paiva, entrou em contato com as equipes da Derfd, informando que o infrator iria negociar as armas nas proximidades de uma escola estadual no bairro Cidade Nova 2. Klinger Paiva disse ainda as características do veículo utilizado por Adonis no delito, uma Picape Strada, de cor preta e placas OAB- 5241, que também foi apreendido durante a ação.
“A partir das informações fornecidas pelo major Klinger Paiva, nos deslocamos para o endereço mencionado. No lugar montamos campana em locais estratégicos. Ao avistarmos o carro de Adonis, realizamos a abordagem ao suspeito e encontramos com ele os fuzis e as munições”, pontuou o titular da Derfd.
empresario-preso-com-armas 1Ainda de acordo com a autoridade policial, Adonis contou, em depoimento, que comprou os fuzis no município de Santo Antônio do Iça, distante 880 quilômetros em linha reta da capital, de um colombiano, que ainda não foi identificado, pelo valor de R$ 8 mil, e que iria revender em Manaus por R$ 25 mil.
O secretário executivo adjunto da Seap destacou que o trabalho de investigação, que resultou na prisão de Adonis e na apreensão dos fuzis, foi realizado pelo Departamento de Inteligência Penitenciária (Dipen) da Seap. Paiva explicou ainda que que o armamento seria utilizado no resgate de detentos das unidades prisionais no momento das escoltas médicas e judiciárias dos presos.
“Durante as investigações, realizadas pelos integrantes do Dipen, foi constatado que os fuzis seriam usados para desestabilizar o sistema prisional do Estado. A intenção da facção criminosa era resgatar detentos, utilizando os fuzis, no momento em que eles saíssem das unidades para atendimentos médicos ou judiciários”, concluiu Klinger Paiva.
Adonis, que além de enfermeiro e empresário era pré-candidato a vereador da cidade de Santo Antônio do Iça, foi autuado em flagrante por porte ou posse ilegal de arma de fogo de uso restrito, previsto no Artigo 16 do Estatuto do Desarmamento, Lei nº 10826/03.
Após os procedimentos cabíveis realizados na sede da especializada, ele será encaminhado à Cadeia Publica Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde irá ficar à disposição da Justiça.

Roberto Brasil