Polícia Militar realiza solenidade alusiva ao retorno da tropa da Guerra de Canudos

By -

O Comando Geral da Polícia Militar do Amazonas, homenageia no próximo dia 28 de dezembro, às 19h30, os policiais militares do antigo Regimento Militar do Estado, reconhecidos pela Corporação Militar como Heróis de Canudos, os quais entre os anos de 1896 e 1897, lutaram ao lado de soldados do Exército no sertão da Bahia.

A homenagem é uma das tradições na agenda anual da Polícia Militar, que fará na ocasião, a entrega de condecorações e honrarias aos policiais militares amazonenses que se destacaram em suas atividades funcionais, serviços operacionais e administrativos no decorrer do ano, bem como agraciará com a Medalha Cândido Mariano e o Diploma de Honra ao Mérito, autoridades civis e militares que contribuíram para o engrandecimento da Instituição.

O evento contará com a presença de todo o Alto Comando da Corporação, autoridades civis, militares e religiosas convidadas para a solenidade, além da apresentação da tropa de policiais militares que desfilarão entoando a canção da Polícia Militar, demonstrando todo respeito e consideração aos militares que sedimentaram a bravura e o compromisso da família miliciana com a sociedade amazonense.

Contexto Histórico – A “Guerra de Canudos” foi um movimento armado ocorrido nas proximidades do povoado de Canudos, no interior da Bahia, onde Antônio Conselheiro e centenas de jagunços lutavam contra a presença do Exército Brasileiro e Forças Púbicas de Segurança, atentando contra a ordem estabelecida no país nos primeiros momentos da República, nos últimos anos do século dezenove.

O 1º Batalhão de Infantaria da Polícia Militar do Amazonas, na época um pequeno,mas bem preparado grupo miliciano, comandado pelo Tenente Coronel PM Cândido Mariano, foi destacado para a luta na qual, em combate, dezenas perderam a vida em nome da honra e dignidade da briosa Instituição que alicerçada nestes pilares se mantém sempre apta e pronta para qualquer ação em favor do Amazonas e do Brasil,por conseguinte em qualquer ocasião.

Memorial – a memória dos fatos ocorridos naqueles dias está exposta no Museu Tiradentes, localizado no Palacete Provincial, Centro de Manaus, onde está por exemplo, a Bandeira Brasileira bordada a ouro e prata por senhoras da sociedade paraense e presenteada aos policiais militares do Amazonas, quando passaram por Belém, em forma de homenagem e agradecimento aos heróis mortos na Bahia.

Roberto Brasil