Polícia Civil realiza Operação Lei Seca durante eleições

By -
A ação ocorrerá em todas as zonas da capital

A ação ocorrerá em todas as zonas da capital

Com o objetivo de prevenir possíveis acidentes de trânsito causados pelo consumo de bebida alcoólica e evitar violências de modo geral no período das eleições, a Polícia Civil do Amazonas irá deflagrar neste sábado, 4 de outubro, das 22h até às 18h de domingo, dia 5, a Operação Lei Seca, que consiste na fiscalização dos estabelecimentos comerciais, bares e lanchonetes de Manaus. Além dos servidores da Polícia Civil, a ação contará com a participação de efetivo do Comando de Policiamento Especializado (CPE) da Polícia Militar do Amazonas (PMAM). 

“A ideia é conscientizar as pessoas e fazer uma ação preventiva e não punitiva”, explicou Josué Rocha

“A ideia é conscientizar as pessoas e fazer uma ação preventiva e não punitiva”, explicou Josué Rocha

A medida obedece a Portaria nº 001/2014 e a Portaria Externa 001/2014/SSP, assinadas, em setembro deste ano, pela Secretaria de Segurança Pública do Estado do Amazonas (SSP-AM) e pelo Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM), que proíbe a venda de bebidas alcoólicas durante o período eleitoral. Caso ocorra segundo turno, a proibição também valerá das 00h às 18h do dia 26 de outubro, data que encerra o período de votação.

A Operação Lei Seca  também realizará em todos os municípios do interior amazonense

A Operação Lei Seca também realizará em todos os municípios do interior amazonense

Segundo o delegado geral, Josué Rocha, a ação ocorrerá em todas as zonas da capital. A Polícia Civil, por meio dos delegados das áreas distritais já notificou os donos dos estabelecimentos para que eles tenham ciência do trabalho que vamos realizar no fim de semana. “A ideia é conscientizar as pessoas e fazer uma ação preventiva e não punitiva”, explicou. Ao todo, foram notificados cerca de 800 bares da cidade.

O diretor de Polícia Metropolitana (DPM), delegado Emerson Negreiros, informou que cerca de 300 policiais civis vão atuar. Negreiros disse que, na eleição em 2012, após a realização da Operação Lei Seca, houve uma redução em mais de 40% nas ocorrências policiais. A expectativa é que neste pleito as ocorrências gerais reduzam em 50%”, concluiu.

Roberto Brasil