Polícia Civil prende jovem denunciado por homicídio ocorrido em 2012

By -
Alessandro só estava em liberdade porque o mandado de prisão não havia sido expedido

Alessandro só estava em liberdade porque o seus mandado de prisão não havia sido expedido

A Polícia Civil do Amazonas, por meio do delegado titular do 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP), Rodrigo de Sá Barbosa, solicitou nesta terça-feira, 14, junto à Justiça, mandado de prisão em nome de Alessandro Nunes da Conceição, 23, por homicídio ocorrido em 2012.

De acordo com a autoridade policial, na noite de segunda-feira (13), por volta das 23h, uma mulher abordou policiais da Força Tática que trafegavam pela Rua Visconde de Porto Alegre, no Centro da cidade, informando que havia sido roubada por dois indivíduos que estavam a pé. Na ocasião, ela afirmou ainda que um deles estava armado e que teve o aparelho celular levado pela dupla, que seguiu em direção à Avenida Tefé, naquela mesma área da capital.

A guarnição saiu em busca dos infratores e os alcançou minutos depois, naquela mesma via. Com Alessandro Nunes da Conceição, 23, e Willimy dos Santos Costa, 20, os policiais encontraram o celular da vítima e um simulacro de arma de fogo. Os jovens foram conduzidos ao 1º DIP, onde foram realizados os procedimentos cabíveis.

O parceiro Willimy tem envolvimento com o tráfico de drogas e a prática de roubo

O parceiro Willimy tem envolvimento com o tráfico de drogas e a prática de roubo

“Ao verificarmos os antecedentes criminais deles na delegacia constatamos que Alessandro havia cometido um homicídio em 2012 e apesar de haver uma decisão judicial decretando a sua prisão preventiva desde agosto de 2014, o mesmo estava em liberdade, pois o mandado de prisão para ele não havia sido expedido. Automaticamente solicitei o pedido junto à Justiça, pois um indivíduo como ele não pode ficar impune”, declarou Rodrigo de Sá Barbosa.

Os policiais civis lotados no 1º DIP verificaram ainda que o outro rapaz, Willimy Costa, já havia assinado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) em 2014, por envolvimento com tráfico de drogas. Na manhã desta terça-feira, 14, outras vítimas da dupla na região, ao serem informadas sobre as prisões dos jovens, compareceram ao 1º DIP para fazerem o reconhecimento dos suspeitos. Elas alegaram que Alessandro e Willimy eram habituados a cometer roubos naquela área da cidade, segundo o delegado titular da delegacia.

Alessandro e Willimy foram autuados em flagrante por roubo majorado. O mandado de prisão em nome de Alessandro foi expedido pelo Judiciário nesta terça-feira. Além do crime de roubo majorado, o jovem teve o mandado de prisão cumprido. Ao término dos procedimentos cabíveis, os dois foram encaminhados à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde ficarão à disposição da Justiça.

Roberto Brasil