Polícia Civil adere ao programa de aposentadoria do TCE

By -
Delegado-geral Josué Rocha / Conselheiro Josué Filho

Delegado-geral Josué Rocha / Conselheiro Josué Filho

A Polícia Civil do Estado do Amazonas é a nova parceira do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM) no Programa de Preparação para a Aposentadoria “Eterno Aprendiz”, que capacita servidores em processo de aposentaria para entrarem no novo ciclo de vida ativamente.O termo de cooperação técnica que selou a parceria entre as duas instituições foi assinado nesta quinta-feira (9) entre o delegado-geral, Josué Rocha, e o conselheiro-presidente do TCE, Josué Filho.

Criado há três anos, o programa tem a proposta de instruir os servidores para que possam encontrar na aposentadoria uma nova perspectiva de vida. Abordando diversos aspectos no âmbito emocional, social, organizacional, saúde e cidadania e ainda contando com a colaboração do AmazonPrev e ManausPrev, o programa acompanha os servidores com palestras semanais ao longo seis meses, por meio do Departamento de Gestão de Pessoas.

Além das orientações nos aspectos físico e mental, o TCE — em parceria com o Sebrae — oferece, além das palestras, oficinas sobre empreendedorismo, buscando desenvolver os talentos escondidos. O objetivo é ajudar também a identificar e direcionar para que um talento se torne um empreendimento, uma opção de atividade após a aposentadoria. Um convênio com a Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam) oferece recursos para os possíveis novos empreendedores.

Para o conselheiro Josué Filho, é importante a entrada da Secretaria de Segurança Pública no programa, por meio da Polícia Civil. “É mais um órgão importante que soma neste projeto, que segue a filosofia de que ‘ninguém pode parar. Independentemente da idade, somos eternos aprendizes. Não é porque se chegou na idade da expulsatória, que se deve parar”, comentou, ao enfatizar que programa será apresentado aos servidores pré-aposentados inscritos de 62 municípios, por meio do Centro de Mídias da Secretaria de Estado de Educação (Seduc).

Após assinar o termo, o delegado-geral Josué Rocha avaliou como positivo o programa idealizado pelo TCE e que mesmo irá ajudar os servidores da corporação. Segundo ele, “se preparar para receber a aposentadoria, especialmente, por conta da atividade policial, será benéfico não somente para a saúde mental, mas também para a física dos policiais”.

Mario Dantas