PMs que vão atuar no Torneio de Futebol Olímpico em Manaus formam em curso de instrução para grandes eventos

By -

ugp-copa-segurançaA Polícia Militar do Amazonas (PMAM) realiza, na segunda-feira, 1º de fevereiro, às 19 horas, na Arena Amadeu Teixeira, na avenida Constantino Nery, s/nº, Flores, zona centro-sul, a formatura de policiais militares na Instrução de Nivelamento de Conhecimento (INC) da Força Nacional de Segurança Pública para Grandes Eventos. O curso reforça a preparação do efetivo da PMAM que vai atuar nas operações de segurança durante o Torneio de Futebol Olímpico, em agosto deste ano, na Arena da Amazônia.

A instrução teve início no dia 11 de janeiro e durou três semanas, incluindo conteúdo teórico e prático. O curso foi ministrado por representantes da Força Nacional de Segurança, em Manaus. Segundo a PMAM, estão aptos a atuar em grandes eventos 450 policiais militares do Amazonas.  Desses, 300 estão convocados para atuar em Manaus durante o torneio de futebol dos Jogos Olímpicos Rio 2016.

O comandante-geral da Polícia Militar do Amazonas, coronel Marcus Frota, informou que o trabalho de aprimoramento profissional da tropa foi uma iniciativa do Comando da instituição. “Foi pleiteada uma necessidade de aprimoramento das referidas instruções junto à Secretaria Nacional de Segurança Pública, ministradas pela Força Nacional, e agora, após o treinamento, os militares estarão aptos a compor o quadro da entidade para desempenhar suas funções em qualquer região do território nacional, além de já estarem convocados para compor os quadros das forças de segurança dos Jogos Olímpicos. É a primeira vez que o Estado do Amazonas sedia este tipo de treinamento que trará benefícios à instituição, com modernas técnicas de policiamento ostensivo”, ressaltou.

Durante a solenidade militar de formatura, também acontecerão homenagens com a outorga de Placas de Mérito aos participantes que se destacaram, bem ao governador José Melo, ao comandante-geral da PMAM e outros chefes militares, além dos diretores das entidades parceiras envolvidas.

 

Roberto Brasil