PMs evitam que rapaz se atire da Ponte Rio Negro

By -

Policiais salvaram a vida de jovem nesta terça-feira (Foto: Divulgação)

Policiais Militares lotados na 8ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) de Iranduba, evitaram que um homem se atirasse do alto da Ponte Jornalista Phelippe Daou, a Ponte Rio Negro, na tarde de terça-feira (6).

A equipe de policiais formada pelo Cabo PM Fran Wellington e Soldado PM Bowman  recebeu informações de que um jovem de 23 anos residente na cidade de Iranduba, na região metropolitana, havia escrito uma carta de despedida e deixada aos seus familiares com a finalidade de destruir a própria vida. Ainda segundo as informações, ele teria saído da cidade em um ônibus do transporte intermunicipal em direção à Manaus.

Com uma foto do rapaz em mãos, eles iniciaram as buscas no terminal rodoviário de Manaus, seguindo até Manaus para tentar encontrá-lo e evitar o pior.  Um mototaxista informou que um rapaz com as mesmas características havia desembarcado há pouco tempo de um táxi-lotação e ido em direção à Ponte Rio Negro”, relatou o Cabo PM Fran.

Em buscas pela extensão da ponte, por volta de 14h20, localizaram o jovem agarrado à grade de proteção, tentando se atirar no rio. “Nesse momento nos aproximamos com extrema cautela e tranquilidade, para evitar qualquer ação da vítima e iniciei uma conversa com o jovem proferindo palavras de otimismo, falando de Deus e da importância dele para a sua família, e segurando-o pelo braço. Ao mesmo tempo, empreguei a técnica policial começando a segurá-lo e em seguida meu parceiro o Soldado PM Bowman o agarrou rápido, foi quando conseguimos tirá-lo em segurança da grade e o conduzimos para a viatura”, relatou o Cabo PM.

O jovem foi levado pela equipe policial à casa dos familiares em Iranduba para adoção dos procedimentos apropriados e a família foi orientada a registrar o fato na delegacia de polícia do município.

“Foi a primeira vez em todos esses anos de policial militar que me deparei com uma ocorrência desse tipo, mas a sensação de ter contribuído para a preservação de uma vida é indescritível. Ficamos extremamente agradecidos a Deus por isso”, contou emocionado o Cabo PM Fran.

(Com Portal A Crítica)

Roberto Brasil