Plantio de mudas do Arboriza Manaus chega à avenida Max Teixeira

By -

12-05-16- Arboriza chega à Avenida Max Teixeira-foto Arlesson Sicsu (13)

A avenida Max Teixeira, um dos 56 logradouros públicos listados para receber ações do Plano de Arborização 2016, o Arboriza Manaus, da prefeitura, recebeu o plantio de mudas de espécies arbóreas no trecho do canteiro central que vai da entrada para o bairro Cidade Nova até a avenida Noel Nutels, no Terminal 3 (T3).

12-05-16- Arboriza chega à Avenida Max Teixeira-foto Arlesson Sicsu (1)

Foram plantadas em toda a extensão da via, 432 mudas das espécies pau-pretinho, jutairana e ipê. O trabalho modificou a paisagem do corredor viário que liga o Cidade Nova à avenida Torquato Tapajós. A via foi uma das primeiras a receber as ações do Arboriza Manaus, que prevê o plantio de mais de dez mil mudas em corredores viários, praças e passeios públicos de 35 bairros da cidade até o final do ano.

O plano foi anunciado pelo prefeito Arthur Virgílio Neto, em novembro do ano passado, como uma estratégia de ação efetiva para a arborização urbana de Manaus. O lançamento ocorreu no dia 21 de março, com o plantio de mudas nas áreas verdes dos parques da Juventude do Loteamento Nascentes das Águas Claras 1 e 2, no Novo Aleixo.

12-05-16- Arboriza chega à Avenida Max Teixeira-foto Arlesson Sicsu (15)

Na oportunidade, o secretário municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Itamar de Oliveira Mar, adiantou que a população, aos poucos, com o plantio das árvores, vai começar a perceber a mudança na paisagem urbana da cidade. O trabalho terá como diferencial a uniformidade das mudas presentes na maioria dos canteiros centrais.

No caso da Max Teixeira, além do plantio, a Semmas está fazendo uma adequação para que as mudas plantadas anteriormente obedeçam ao padrão estabelecido no Plano Diretor de Arborização Urbana. A via já tinha recebido plantios anteriores que não estavam em conformidade com o plano diretor. Um levantamento foi realizado ao longo do corredor viário para identificar as mudas que estavam fora do padrão e fossem substituídas.

12-05-16- Arboriza chega à Avenida Max Teixeira-foto Arlesson Sicsu (12)

O plantio já começa a ser percebido pelas pessoas que trafegam, moram e trabalham no local. Amélia Thomas, 26, gerente de um estabelecimento comercial instalada na avenida, acredita que a arborização trará melhorias para a via. “Vai ficar bonito e trazer sombra para essa área que precisa muito de arborização”, afirmou ela, ressaltando que é necessário que a população ajude a manter as árvores.

Após o término do trabalho na Max Teixeira, a equipe do Arboriza Manaus deu continuidade ao plantio no canteiro central da avenida Noel Nutels até a Bola do Núcleo 8, na Cidade Nova 2, em frente ao Centro de Convivência da Família Padre Pedro Vignola. Nos dois locais foram plantadas 220 mudas, sendo 69 na Noel Nutels e 151 na Bola do 8.

Áreas atendidas

 A Semmas reforçou o plantio com a contratação de terceirizados para atuar nos logradouros públicos, com recursos do Fundo Municipal de Desenvolvimento e Meio Ambiente (FMDMA). O objetivo é realizar ações de arborização diariamente ao longo de todo o ano. Além dos parques da Juventude no Águas Claras, o Arboriza já realizou plantios também na avenida Guaranás, Comunidade Baixada Fluminense, na Cidade Nova 1; na Praça Chile; Passeio do Bindá, no Conjunto Eldorado; Praça Raimundo Vinhote, no Petrópolis, Praça da Associação dos Moradores do Dom Pedro, e um trecho da avenida Rodrigo Otávio, no Japiim.

“Nosso principal alvo serão os canteiros centrais e passeios públicos, onde houver espaço e as condições ideais para isso”, explicou Itamar Mar. Em algumas situações, o plantio de mudas vai necessitar da retirada de camada asfáltica do solo, a exemplo de alguns trechos das avenidas André Araújo, Djalma Batista e Constantino Nery. Em outros, a retirada de cimento do colo das árvores e a abertura de área permeável em passeio público.

Outro aspecto importante do trabalho é o combate às ilhas de calor da cidade. Segundo estudos relacionados a esse fenômeno em Manaus, a Cidade Nova é um dos locais que apresentam temperaturas mais altas. “Com o plantio, estaremos contribuindo para que num período de tempo, que pode variar entre quatro e seis anos, possamos reduzir o calor nessas áreas”, afirmou.

Mario Dantas