Plano de ação imediata (PAI) reduz drasticamente os danos causados pela estiagem em Figueiredo

By -

pai-figueiredo 01Da Redação – Os efeitos causados pela estiagem, ainda continuam no município de Presidente Figueiredo, agora, a vez da ajuda humanitária, proporcionada por donativos adquiridos juntos ao governo do Estado, através do Plano de Ação Imediata (PAI), foi para a Colônia dos Pescadores e a Comunidade Além do Horizonte na cacaia da Usina Hidrelétrica de Balbina.

O Plano de Ação Imediata (PAI), desenvolvido pela Defesa Civil, não tem data prevista para terminar, mas a missão só será cumprida quando a ultima cesta for entregue.

No total, 285 pessoas de 95 famílias foram beneficiadas. Segundo Afrânio, Coordenador da Defesa Civil local, a ajuda humanitária está sendo distribuída nas regiões sofridas, pela passagem desse fenômeno natural, que afetou o Município nos últimos meses.

pai-figueiredo 02A estiagem deixou marcas profundas na economia do município, mas os esforços juntamente com a boa vontade de amenizar os problemas, e deixar a população tranquila, foi o que moveu a equipe que administra Figueiredo, a encarar a situação de uma forma, que as necessidades estão sendo supridas até agora.

pai-figueiredo 03Noventa e cinco cestas básicas foram entregues pela Defesa Civil da Terra das Cachoeiras, às famílias das comunidades necessitadas. Colônia dos Pescadores e comunidade Além do Horizonte estão agora, satisfeitos com o recebimento dos donativos.

Segundo Neilson Cavalcante (PSB), Prefeito de Presidente Figueiredo, o PAI foi responsável por reduzir drasticamente os danos causados pela estiagem.


pai-figueiredo 04“Nós sabemos que a seca de nossos lagos é um evento natural, que não tem como controlar, mas a Defesa Civil de Presidente Figueiredo desenvolveu técnicas eficientes para que as famílias ribeirinhas não fossem tão prejudicados, agora é hora de cuidar dessas pessoas até que tudo volte ao normal, faremos o que for preciso para ajudar”, afirma.

pai-figueiredo 05A vontade e o dever de ir a busca de soluções, para poder amenizar problemas que afligem ou atingem diretamente a vida do cidadão, é um direito que o poder publico tem e precisa exercer na maioria das suas ações; sua presença, sua força, determinação e respeito para com a cidadania é imprescindível, necessária, tal qual, a vontade de matar a sede ou salvar alguém que está morrendo afogado, só assim podemos, do presente vislumbrar no futuro, uma sociedade mais justa e equilibrada.

pai-figueiredo 06A forte estiagem que se alastrou por meses, em Presidente Figueiredo é um exemplo, de que o poder publico lado a lado com o povo -às vezes até no sacrifício -, supera dificuldades, e isso é bom em todos os sentidos./// (David Almeida – Fotos: André Amazonas)

 

 

 

Mario Dantas