Pilotos caem na porrada durante as 500 Milhas de Kart em São Paulo

By -

Uma briga de dois pilotos na edição das 500 Milhas de Kart deste ano roubou a cena. Após batida entre Rodrigo Dantas, da equipe de Felipe Massa, e Tuka Rocha, da equipe de Thiago Camilo, os atletas trocaram socos na pista. Como punição, os brigões e todos os pilotos de suas respectivas equipes foram desclassificados.

No momento do choque que gerou a confusão, Dantas era retardatário. Ele tentava evitar que Tuka Rocha se aproximasse de Massa — ambos disputavam a ponta —, líder da prova. Dantas acabou fechando a passagem e os dois carros colidiram com a barreira de proteção. Então, o companheiro de Massa aplaudiu o rival de forma irônica. Irritado, Tuka que foi tomar satisfação.

Na sequência, Dantas derruba Tuka no chão e começa a socá-lo no rosto. Massa condenou a atitude do colega de equipe. “O sentimento é de tristeza”, disse Massa ao SporTV, que fazia a transmissão oficial do evento.

“O que fizeram com a gente no começo era para ter desclassificado os caras. Eu estava acenando para desclassificar. É totalmente correto me desclassificar porque o que a minha equipe fez é tristeza. Não acredito que a gente venha aqui para fazer uma brincadeira e a corrida vira dessa maneira”, acrescentou.

Até o momento da pancadaria, a equipe de Massa liderava a corrida e estava próxima de conquistar o título. O time de Rubens Barrichello, que não teve nada a ver com a confusão, estava em terceiro. Mas, por causa do castigo ao ex-colega de Fórmula 1, Rubinho venceu a prova pela décima vez na carreira — a primeira ao lado do filho Dudu Barrichello, de 16 anos. A equipe dele também saiu vitoriosa. Com informações do Metrópoles.

Roberto Brasil