Petrópolis recebe ação empreendedora com informações sobre crédito solidário

By -

Foto: Ney Xavier

Cerca de 100 empreendedores do bairro Petrópolis, Zona Sul de Manaus, receberam a equipe da Frente Parlamentar de Apoio às Micro e Pequenas Empresas e aos Empreendedores Individuais do Amazonas (Frempeei), da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam). Os moradores foram orientados sobre a importância da formalização e os critérios para adesão ao programa Crédito Solidário. A ação aconteceu na tarde de quinta-feira (21), no Centro União dos Idosos de Petrópolis.

A Frempeei atua nos bairros da capital orientando pessoas que exercem alguma atividade extra, mas que ainda não estão formalizadas, a buscarem a formalização. O presidente da Frempeei, deputado Adjuto Afonso (PDT), falou do trabalho da Frente Parlamentar em oferecer esse apoio aos empreendedores e da captação de parcerias para ampliar as oportunidades.

“Estamos levando aos bairros as ações desde 2016, e está sendo muito positiva a reação das pessoas, pois, muitas, às vezes elas não têm condições de pagar um transporte para procurar um órgão e se formalizar. As oportunidades estão se ampliando, agora contamos também com atendimento do Crédito Solidário, do Fundo de Promoção Social, que está orientando como se deve fazer para aderir ao programa na questão da documentação. A Frente Parlamentar tem esse trabalho também de ser um elo entre os órgãos e as possibilidades que podem oferecer ao cidadão. Só temos que agradecer pelas parcerias que chegam para somar”, destacou Adjuto Afonso.

Os participantes aprovaram a iniciativa da Frente Parlamentar e demonstraram ansiedade para a as demais etapas preparatórias. 

Núbia Azevedo, 38 anos, exerce a atividade de cabeleireira há 19 anos, afirmou que enxergou na ação uma oportunidade para ampliar o seu negócio. “Achei muito interessante porque vi a oportunidade de dar uma ampliada no meu negócio, gostei também da ideia dos cursos para que a gente possa desenvolver bem melhor as nossas atividades. Vou participar da Oficina e do Shopping Itinerante, e aplicar tudo que vou aprender no meu salão de beleza, que fica aqui em Petrópolis”, disse. 

O empreendedorismo, ainda que informal, surge como uma alternativa de renda familiar e ganhou força desde que o país entrou na fase de crise econômica. Angela Maria Silva de Souza, 49 anos, que também participou da ação, explicou como a atividade extra vem ajudando no sustento da família. “Faço sandálias personalizadas e manicure a domicílio. Quero progredir, o pai das minhas filhas morreu há três anos e eu perdi uma filha há dois meses, sou pai e mãe dentro de casa e tenho seis filhos para sustentar. Esse trabalho é o que me ajuda na renda familiar. Quando eu soube dessa oportunidade vim correndo participar. Eu já tinha ouvido falar dessa ação, mas nunca tinha tido a chance de participar. Meu sonho é comprar bastantes sandálias, bastante material, crescer. Eu vou fazer a Oficina de Capacitação, quero progredir”, afirmou Angela.

Além das orientações para a formalização, a Frempeei realiza duas etapas seguintes de atividades, no sentido de preparar o empreendedor para o mercado. Trata-se “Oficina do Empreendedor”, que acontecerá na próxima semana, na Escola do Legislativo, com orientações jurídicas, contábeis e consulta sobre o melhor ramo de atividade para investimento, de acordo com a aptidão do empreendedor, e o Shopping Itinerante, agendado para 6 de abril, em que os participantes têm a oportunidade de comercializar e oferecer serviços aplicando as técnicas repassadas na capacitação.

Roberto Brasil