Petistas defendem que Dilma empurre a posse de Temer para a sexta-feira 13

By -

PT13Advogados e militantes do PT defendem que a presidente Dilma Rousseff não assine a notificação sobre a abertura de processo de impeachment contra ela pelo Senado nesta quinta (12), caso a sessão seja finalizada nesta quarta (11).

Depois de oficialmente comunicada, a presidente terá que se afastar automaticamente do cargo por até 180 dias, à espera do julgamento final dos parlamentares. Michel Temer toma posse imediatamente.

“Ela deveria assinar um dia depois. Nada mais apropriado do que um governo golpista assumir numa sexta-feira 13”, diz o advogado Marco Aurélio de Carvalho, coordenador do setorial jurídico do PT de São Paulo.

“Não se trata de protelação, ela vai assinar o documento, não há a menor dúvida, ainda que contrariada por ser afastada num processo sem nenhuma legalidade e sem a comprovação de que tenha cometido um crime sequer. Mas ela tem ao menos o direito de marcar, dentro da agenda dela, de presidente, o dia e a hora possíveis.”

A sugestão já foi encaminhada a ministros do governo, mas não há qualquer decisão a respeito.

Senadores acham difícil a ideia vingar porque já está sendo organizada uma grande manifestação para esta quinta (12), quando se imagina que Dilma deixará o cargo.

Eles consideram difícil manter a mobilização até a sexta-feira (13).

(Com FOLHAPRESS)

Roberto Brasil