PC investiga cemitério de facção criminosa no Santa Etelvina

By -

A Polícia Civil (PC) investiga, há cerca de quatro meses, denúncias anônimas de que um cemitério clandestino, ministrado por uma facção criminosa da cidade, estava funcionando em uma área de mata, próximo ao conjunto Viver Melhor 2, no bairro Santa Etelvina, zona norte de Manaus. A investigação conjunta está sendo realizada pela Delegacia Especializada em Roubos e Homicídios (DEHS) e pelo 26º Departamento de Polícia Integrada (DIP).

O delegado da DEHS, Juan Valério, afirmou que cerca de quatro ou cinco pessoas ligadas ao tráfico, que estão desaparecidas, podem estar enterradas no local.

“Obtemos uma informação de que as pessoas eram ligadas ao tráfico e eram, possivelmente, torturadas e enterradas nessa área de mata. Efetuamos algumas prisões sobre esse caso, mas a investigação está em andamento. Falta a confirmação se esse local é, de fato, o cemitério, por isso estamos contando com o apoio do Canil e do Corpo de Bombeiros, pois há indícios”, contou o delegado.

(DO D24AM)

Roberto Brasil