Parintins: 637 casas populares são sorteadas para o Residencial Parintins

By -

caixa

Seiscentos e trinta e sete casas populares do Residencial Parintins foram sorteadas na tarde desta segunda-feira, 21, na sede da Caixa em Parintins. A programação foi acompanhada na íntegra pelo prefeito Alexandre da Carbrás, presidente da Câmara Everaldo Batista, técnicos do setor de habitação da instituição financeira e de famílias escolhidas para atuarem como auditores populares. O sorteio foi realizado em Manaus e foi transmitido por videoconferência para o município.

 

Primeiramente foram escolhidas 21 casas para deficientes, idosos seguidos pelos demais grupos. A previsão de entrega dos imóveis é o primeiro semestre de 2016, sendo que a obra das 890 unidades habitacionais chega a mais de 80% de concluída na região do Macurani.

 

caixa (1)

Segundo o prefeito Alexandre da Carbrás, o momento é de tamanha importância para as famílias e para sua gestão que conseguiu viabilizar esse recurso por meio de uma série de etapas burocráticas perante a Caixa. “Cumprimos todas as obrigações para chegar a esse momento de alegria para todos nós”, declarou.

       

Alexandre acrescenta que a distribuição das casas populares não foi uma promessa de campanha e sim uma política de governo de sua gestão. “Foi uma luta ainda em 2012 e graças a Deus hoje estamos ganhando esse grande patrimônio. Alguns prometeram e enganaram o povo. Nós fizemos diferente”, destacou.

 

O secretário de assistência social Wanderley Ribeiro engrandeceu a política de habitação da Prefeitura de Parintins ao alcançar todos os requisitos do Governo Federal. Entre as ações indispensáveis para a conquista das casas está a formulação do Plano Municipal de Habitação, levantamento do déficit habitacional, criação de equipes para realização dos cadastros, preparação dos dossiês das famílias inscritas entre outras atividades. “Foram mais de dois anos de trabalho para chegarmos a essa etapa. Foi analisado nome por nome pela Caixa tudo dentro dos critérios nacionais”, lembrou.

 

De acordo com o presidente da Câmara Municipal de Parintins, Everaldo Batista, muito tempo e trabalho foram precisos para que houvesse a vitória dessas famílias. Ele afirma que muitas enganações deixaram a população descrente e o trabalho sério dos agentes públicos envolvidos tem revertido essa desconfiança de parcela da comunidade.  

Mario Dantas