PACs são interligados à Rede Governo

By -
Os PACs são administrados pela Ouvidoria do Estado

Os PACs são administrados pela Ouvidoria do Estado

Todos os 10 postos do serviço de Pronto Atendimento ao Cidadão (PACs) de Manaus já estão conectados à Rede Governo, compartilhando dados com os demais órgãos da rede pública do estado. A grande vantagem é permitir ao usuário resolver suas demandas no mesmo local e de forma mais ágil, por causa da velocidade da internet e do acesso rápido às informações armazenadas em rede. 

A interligação dos PACs com o Datacenter do Governo do Estado foi realizada pela empresa Processamento de Dados Amazonas S.A. Os PACs são administrados pela Ouvidoria do Estado, que inaugurou, nos últimos seis meses, quatro novas unidades, juntando-se às seis já existentes. Os PACs oferecem uma série de serviços ao usuário, dentre eles, pagamento de taxas do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-Am), emissão de carteira de identidade (primeira e segunda vias), certidão de nascimento, carteira do trabalho e pedido de seguro desemprego, dentre outros. Além do Detran, a estrutura abrange serviços disponibilizados pela Secretaria de Segurança Pública (SSP), Manaus Ambiental e Eletrobrás Amazonas Energia. 

A ouvidora do Estado, Zanelle Rocha, diz que a principal vantagem que o usuário encontra no PAC é a comodidade de resolver suas demandas no mesmo ambiente. “Com os novos postos que inauguramos, ampliamos nosso trabalho e só quem ganha é o cidadão”, disse. 

Segundo o analista de negócios da PRODAM, Donizete Ramos, a interligação dos PACs ao datacenter do Governo foi feita de forma gradativa e hoje todos já estão conectados. “Isso significa uma agilidade maior na prestação de serviço, pois a velocidade de conexão com o Datacenter do Estado à cada posto é de 10 megabit por segundo em rede de fibra óptica”, explicou.

Roberto Brasil