Órgãos anunciam reforço no policiamento e câmeras em Rio Preto da Eva

By -

O reforço na segurança pública em Rio Preto da Eva, município a 70 quilômetros de Manaus, e que recebe até 30 mil pessoas nos finais de semana, foi tema de audiência pública na manhã desta quarta-feira (20), na cidade.

A reunião contou com a presença do secretário de Segurança Pública do Amazonas, Carlos Alberto de Andrade, do comandante da Polícia Militar, David Brandão, do delegado-geral da Polícia Civil, Frederico Mendes, e do prefeito de Rio Preto, Anderson Sousa.

Como providências imediatas, o secretário Carlos Alberto destacou que irá solicitar  a instalação de câmeras de segurança na entrada e saída da cidade, na Rodovia AM-010 (Manaus – Itacoatiara), com tecnologia para leitura de placas, o que pode identificar, por exemplo, veículos roubados. O comandante-geral da PM anunciou também o reforço do policiamento na cidade, com apoio da Força-Tática, nos finais de semana.

Carlos Alberto apresentou, ainda, o projeto Cidade Segura, implantado em Presidente Figueiredo pela SSP-AM, sob a Coordenação da Secretaria-Executiva Adjunta de Planejamento e Gestão Integrada. Um sistema de monitoramento integrado que agrega as forças estaduais e municipais de segurança naquele município. “O sistema tem dado resultados positivos  em Presidente Figueiredo e com certeza, será assim em todos que aderirem ao projeto”, disse Carlos Alberto.

O prefeito de Rio Preto da Eva, Anderson Sousa, destacou o trabalho da Polícia Militar no município, fazendo as rondas em toda a cidade e da Polícia Civil na investigação de crimes. “Tenho certeza que todos os nossos problemas podemos resolver com as experiências dos atuais comandantes e gestores da segurança do Estado. E vamos estudar como trazer e manter o Sistema de Cidade Segura para o município e recursos para manter o projeto”, disse Anderson.

Souza ressaltou ainda que Rio Preto da Eva é um dos únicos municípios que possui Secretaria Municipal de Segurança Pública Municipal e que o órgão é importante para integrar as forças para combater a criminalidade na cidade.

O comandante da Polícia Militar, coronel David Brandão, destacou que a resposta para os crimes tem sido imediata por parte das polícias. Nos últimos três casos de roubos e homicídios, Brandão informou que os infratores foram presos.

O delegado-geral da Polícia Civil, Frederico Mendes, ressaltou a importância da integração das forças para a solução dos crimes. “A Polícia Civil também sofre com falta de efetivo, também no interior, porém, a integração com a Polícia Militar e demais órgãos de Segurança nos permite atender as demandas, investigando crimes, levando à prisão os criminosos”, afirmou.

A reunião contou com a presença, ainda, do deputado estadual Augusto Ferraz (DEM), do promotor de Justiça do Ministério Público do Estado do Amazonas (MP-AM) George Pestana, e demais gestores de segurança do município.

Roberto Brasil