Operadoras de telefonia: As mais denunciadas no PROCON AM

By -
rosely-fernandes-foto-aida-fernandes

Rosely Fernandes / Foto: Áida Fernandes

O Blogdafloresta visitou o Procon AM localizado na Av. André Araújo, 1500, Aleixo, zona centro sul de Manaus e conversou com a Secretaria Executiva, Dra. Rosely Fernandes referente as reclamações mais frequentes.

No ano de 2015 foram 70 mil reclamações sendo os serviços das operadoras de telefonia, bancos, água e energia a maioria.

“Observamos que há um número muito grande de denuncias das operadoras de telefonia e no final do ano passado já foram multadas pela má prestação de serviços (cobranças indevidas, cobrança de serviço não solicitado, ligações não realizadas e cobradas) a multa de 700 mil reais a um milhão para cada operadora e no dia (01 de setembro de 2016) foi encaminhado a inserção de dívida ativa e penalidades referentes à punição”.

Referentes às reclamações das operadoras de telefonia, Vivo, Tim, Claro e outras, explicou “é bom salientar que o PROCON Brasil esta se reunindo com estas empresas e percebemos que não se adequam e já explicamos que não adianta estas empresas encantar com as ofertas, promoções, tem que cuidar da pós venda e da qualidade do serviço”.

Dados do Procon AM apresentam número de denúncias das operadoras de telefonia

Vivo

(2015)

5001

(2016)

2027   

Oi

4007

1753

Claro

4002

1690

Tim

301 

300

TNL PCS S.A 

1015

163

Total

17.126 

5.933

 

Os informes ainda indicam que os assuntos mais reclamados são referentes à cobrança indevida, vício de qualidade (problemas de acessibilidade de internet); Serviço não fornecido (entrega, instalação/ não cumprimento da oferta); não cumprimento do contrato; cancelamento do contrato.

 

Operadoras de telefonia duplicam valor a pagar sem aviso prévio

 

Outas reclamações são a causa de problemas com o Call Center, cancelamento de serviço; acesso a serviço, ausência de resposta, excesso de prazo e outros como demora no atendimento; atendentes despreparados e arrogantes; não informam posicionamento na hora da reclamação até para assuntos mais simples como por exemplo, conserto de linha, tevê a Cabo ou  internet, sem contar com a dificuldade para rescisão de contrato.

 

Dentre os assuntos relatados com frequência no Procon Amazonas esta quando o consumido recebe um telefone ofertando um novo pacote incluindo outros serviços, exemplo: sua linha fixa e internet passa a ser linha fixa, internet e móvel (internet ilimitada de móvel com 50 minutos de ligações gratuitas). O preço é único sem alteração de prazo ou período no contrato. O consumidor aceita aquele valor contratado e sem aviso prévio o valor é duplicado meses após. O atendimento dos prestadores de operadoras de telefonia propaga serviços que não são cumpridos e o consumidor só percebe a propaganda enganosa quando chega a fatura.

 

Prefeitos dos municípios do interior devem criar Procon

“Quero aproveitar para sensibilizar aos Prefeitos dos municípios do interior, especialmente da região metropolitana para a criação dos Procon, e assim cumprir com o que diz a Constituição para garantir os direitos do consumidor, porque a população agora esta denunciando em ouros órgãos como Ministério Público ou Defensorias”.

O Procon Itinerante que começou em março a percorrer os municípios terá uma parada este final de mês de setembro, mas continua na capital. Outras atividades são nas escolas municipais com alunos do ensino fundamental, apresentação de pesquisas com preços da cesta básica (31 items), pesquisa de combustível a traves de aplicativo e que inicia a sua segunda versão junto à cesta básica. Palestras e a fiscalização diária também fazem parte da rotina do Procon AM.

Denuncias podem ser realizadas no 0800 092 1512 / 3215-4009/4010 [Mercedes Guzmán]

Áida Fernandes