Operação “Proximidade – Esforço Máximo” coibe a violência em todas as zonas de Manaus

By -
A Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) e mais de 20 órgãos públicos das esferas Federal, Estadual e Municipal, iniciaram na noite desta sexta-feira (29), a maior operação integrada já realizada em 2017: “Proximidade – Esforço Máximo”, que tem como objetivo coibir a violência urbana em Manaus e combater as principais causas desses crimes na cidade.

Para a ação, são empregados mais de dois mil servidores, incluindo militares das Forças Armadas (Exército, Marinha e Aeronáutica), que irão fazer barreiras fixas de contenção nas áreas militares.
A concentração da operação iniciou no Centro de Convenções – Sambódromo, na avenida Pedro Teixeira, Dom Pedro, de onde saíram os comboios para todas as zonas da cidade.
O objetivo da operação é atuar nas áreas com maiores registros de crimes em geral, principalmente, crimes contra a vida, com policiamento ostensivo e preventivo, onde os órgãos também estarão exercendo o papel de Polícia na fiscalização de casas noturnas e festas.
Em todas as áreas da cidade, apontadas na mancha criminal, serão montadas barreiras fixas e móveis para fiscalização de pessoas e veículos.  Uma Central Integrada de Fiscalização irá atuar em áreas especificas para verificação de irregularidades, que são ameaças à segurança.
Para o secretário de Segurança Pública, Carlos Alberto de Andrade, a operação mostra a importância da integração dos órgãos, de todas as esferas, no combate à violência em geral. “Comprovadamente, não se combate a violência apenas colocando Polícias nas ruas, por isso essa operação, que é um grande esforço conjunto de todos, vai atuar nas áreas que são fundamentais para garantir a segurança de Manaus”, disse.
Ações específicas
Durante todo o fim de semana serão realizadas diversas ações em todas as áreas da cidade, principalmente nos horários e locais que apresentam maior incidência de crimes, com ações de trânsito, fiscalizações em bares, casas noturnas, montagem de barreiras fixas, abordagens a veículos, motocicletas, veículos do transporte coletivo, pedestres e outros.
Além dos órgãos estaduais de Segurança Pública (Polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros, Detran e SSP-AM) participam da operação “Proximidade-Esforço Máximo” os seguintes órgãos:  Polícia Rodoviária Federal (PRF), Secretaria de Administração Penitenciária (Seap), Poder Judiciário, Ministério Público Estadual, Defensoria Pública Estadual, Polícia Federal, Instituto Municipal de Trânsito e Transporte (MANAUSTRANS), Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Semmas), Secretaria Municipal de Saúde de Manaus (Semsa), Conselhos Tutelares, e outros.
Central Integrada de Fiscalização
Toda a operação será coordenada pelo Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), na avenida André Araújo, com ações de videomonitoramento, por meio das 260 câmeras instaladas em Manaus, auxiliando os agentes que estão nas ruas e  na identificação de eventuais infratores durante a operação.
O CICC será uma base para consultas de placas de veículos para verificação de restrições de roubos ou furtos, e de pessoas, analisando se são foragidas do Sistema Prisional ou se há mandado de prisão em aberto.
Estatísticas de Setembro
A Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) registrou neste mês de setembro, até a última quinta-feira (28), 57 homicídios. É o menor número registrado no ano, na média  mensal, onde a SSP-AM também não registrou nenhum latrocínio (roubo seguido de morte). “Esse ano, tivemos um grande aumento de crimes por conta do fato ocorrido em janeiro no Sistema Prisional. Mas agora em setembro, conseguimos praticamente reduzir pela metade os homicídios comparando com a média dos últimos meses. Agosto, por exemplo, fechou o mês com 105 homicídios”, afirmou Carlos Andrade.
*com informações da assessoria
Roberto Brasil