Operação de Seguraça para Revezamento da Tocha dos Jogos Olímpicos Rio 2016 encerra workshop promovido pela SSP-AM

By -

workshop-jogosolimpicos-01Durante três dias,  workshop debateu estratégias de segurança durante torneio de futebol dos Jogos Olímpicos Rio 2016, que acontece em Manaus em agosto.

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria Executiva Adjunta de Planejamento e Gestão Integrada – SEAGI, encerrou no sábado, dia 16, workshop que tratou da operação de segurança para o torneio de futebol dos Jogos Olímpicos Rio 2016 e demais eventos relacionados, que acontecerão em Manaus.

workshop-jogosolimpicos-02Desde a quinta-feira (14) autoridades e representantes de diversos órgãos do Governo do Amazonas, Prefeitura de Manaus, Comitê Organizador do Torneio  Olímpico de Futebol Manaus 2016, Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos Rio 2016, além de representantes das Forças Armadas, estiveram reunidos no Centro Integrado de Comando e Controle, no bairro Aleixo, zona centro-sul da capital, onde foram apresentados os projetos de segurança integrada que vão garantir a tranquilidade nos dias de partidas de futebol, visita da tocha olímpica, entre outros locais de concentração de pessoas.

ARENA – Na quinta-feira (14) o foco das discussões foi o plano de emergência para a Arena da Amazônia Vivaldo Lima. Corpo de Bombeiros, Polícia Civil e Polícia Federal apresentaram estudos de risco e as soluções para que, em caso de uma situação de emergência, todos os presentes possam ser evacuados do local com segurança e tranquilidade. O encontro ocorreu durante toda a manhã, sob a coordenação do titular da Seagi, coronel Dan Câmara. “Este encontro coroa o trabalho a ser desenvolvido de forma integrada pelos diversos grupos. Os planos foram apresentados, todos os pontos foram profundamente discutidos e os próximos passos foram definidos” disse na ocasião,

workshop-jogosolimpicos-03COT’s – A sexta-feira (15) foi marcada como o dia mais longo de trabalho. Os grupos temáticos reunidos no CICC receberam a instrução preliminar que servirá de base para o treinamento VISO, do inglês “Operação Integrada de Segurança de Instalações”, que consiste em normas e procedimentos de ação conjunta, visando a prevenção de incidentes e a forma de atuação dos integrantes das equipes, no caso de uma ocorrência. O treinamento VISO é baseado em diversas doutrinas desenvolvidas por forças de segurança no Brasil e diversos países do exterior, e será adotado, em Manaus, na proteção tanto da Arena da Amazônia, quanto dos Centro Oficiais de Treinamento (COT’s).

Coordenado pelo coronel Roberval França, gerente geral de Integração de Segurança do Comitê Rio 2016, o encontro descreveu, de forma mais abrangente, a atuação de cada órgão envolvido nos processos para a segurança das ações relacionadas ao torneio olímpico de futebol. “Já havia ouvido falar que no Amazonas essa integração era muito forte, mas pessoalmente pude ter uma noção melhor do trabalho desenvolvido aqui, e como ele é positivo”, destacou durante sua apresentação.

workshop-jogosolimpicos-05TOCHA OLÍMPICA – O sábado foi reservado para a passagem da Tocha Olímpica por Manaus, oficialmente chamada de “Revezamento da Tocha Olímpica Rio 2016”. Com destaque para a palestra proferida pelo coronel Mário Sérgio, da PM do Rio de Janeiro, e responsável pela operação de segurança voltada ao principal símbolo dos Jogos Olímpicos, os presentes puderam conhecer maiores informações sobre a operação envolvida desde a chegada da tocha em Manaus, até o momento em que ela deixará a capital do Amazonas.

Posteriormente, o coordenador em exercício do Comitê Organizador do Torneio de Futebol Olímpico Manaus 2016, Sérgio de Menezes, demonstrou o planejamento estratégico para a passagem do ícone na cidade, de acordo com as diretrizes definidas pelo Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos Rio 2016. Estes dados ainda serão consolidados após visita e aval de representantes do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos Rio 2016, que virão à Manaus para discutir o assunto.

workshop-jogosolimpicos-04Por fim, representantes das forças armadas descreveram sua participação neste processo, encerrando as apresentações.

Os responsáveis pela passagem da Tocha Olímpica Rio 2106 estão empenhados em elaborar a melhor proposta de roteiro, ressaltando as belezas e peculiaridades do Amazonas. É previsto que até quatro bilhões de espectadores assistam à passagem da Tocha no Estado, entre espectadores das áreas de televisão e internet.

Roberto Brasil