Operação da prefeitura desocupa passeio público na Pista da Raquete

By -

desocupacao-parque-da-raquete-1Uma grande operação da Prefeitura de Manaus deu início nesta sexta-feira, 2, a uma série de demolições para a desocupação de logradouro público na área conhecida como Pista da Raquete, no bairro Nova Vitória, zona Leste. Alvo constante de invasões e crimes ambientais, a área sofre com a ocupação desordenada de áreas públicas, tomadas por barracos de madeira, de alvenaria, obstruções, pequenos comércios, como borracharias, bares e vendas, sucatas e depósitos de materiais de construção, servindo ainda como extensão para moradores da própria Pista da Raquete, que fazem do passeio garagem e estacionamento.

desocupacao-parque-da-raquete-4No trecho da ocupação, equipes da prefeitura identificaram 81 barracos e obstruções em geral, que começaram a ser demolidos nesta sexta-feira, em uma operação integrada que reuniu diversos órgãos, sob a coordenação do Grupo de Gestão Integrada Municipal (GGIM), por solicitação do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb).

Até às 16h, tinham sido demolidas 13 estruturas de madeira e alvenaria e efetuadas mais de 15 notificações para a desocupação imediata do passeio público. Desde 2014, moradores da área alegam que os logradouros vêm sendo ocupados por invasores.

desocupacao-parque-da-raquete-2Participaram da operação, que continuará na próxima semana, as secretarias municipais de Infraestrutura (Seminf) e de Limpeza Urbana (Semulsp), Guarda Municipal/Grupo de Operações Especiais (GOE) e Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans).

O Plano Diretor de Manaus define que os passeios e logradouros públicos devem ser mantidos livres. Entretanto, denúncias de ocupação irregular, uso e posse das calçadas como bens particulares são constantes.

desocupacao-parque-da-raquete-3Além do trabalho de orientação, combate às irregularidades e ordenamento, a Prefeitura de Manaus tem feito vários investimentos para implantar, recuperar e construir novas calçadas na cidade. Em 2014, foram 13 mil metros quadrados em passeios e logradouros, com destaque para as obras executadas na avenida Djalma Batista, entorno do Mercado Adolpho Lisboa, Jorge Teixeira, zona Leste, e Manaus Moderna.

Roberto Brasil