Operação Centro interdita hotel irregular no Centro

By -

centro-operacao-talisma-1A Operação Centro, comandada pelo Gabinete de Gestão Integrada (GGIM) da Prefeitura de Manaus, interditou, na manhã desta sexta-feira, 4, o Hotel Taslimã, que funcionava de maneira irregular, há quatro meses, na rua Joaquim Sarmento, no centro da cidade. O local, além de não possuir as licenças necessárias para funcionar, estava comercializando produtos vencidos.

centro-operacao-talisma-2A Vigilância Sanitária de Manaus (Visa Manaus) encontrou produtos sendo comercializados com a data de validade expirada desde abril de 2015. “A falta de licença é um problema muito grave. Além disso encontramos muita sujeira nos quartos, sem nenhuma condição de ocupação e substâncias tóxicas”, disse o fiscal Evandro Oliveira ao inutilizar os produtos vencidos.

centro-operacao-talisma-3A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) e o Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb) notificaram o proprietário por falta das lincenças necessárias para o funcionamento regular do hotel.

centro-operacao-talisma-4A operação só foi possível após denúncias encaminhadas à Subsecretaria Municipal do Centro Histórico (Subsemc) por lojistas da Galeria Espírito Santo, que funciona ao lado do hotel.

O local foi interditado e só deverá voltar a funcionar depois de regularizado junto aos órgãos responsáveis.

centro-operacao-talisma-5A coordenadora do GGIM, Geórgia Seki, afirmou que a operação será intensificada para garantir que hotéis do Centro estejam em condições de receber turistas que virão a Manaus. “Ano que vem nós vamos continuar essas ações para garantir que o turista que vem a Manaus, para os Jogos Olímpicos, tenha garantia de segurança durante a hospedagem”, explicou.

centro-operacao-talisma-6A ação contou com a Subsecretaria Municipal do Centro Histórico (Subsemch), Casa Militar, Defesa Civil Municipal, Secretaria Municipal de Finanças, Tecnologia da Informação e Controle Interno (Semef), Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), Visa Manaus, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Direitos Humanos (Semmasdh), Conselho Tutelar e Eletrobrás.

Roberto Brasil