Omar e Braga teriam recebido propina da Andrade Gutierrez, afirma delator

By -
Omar Aziz | Eduardo Braga

Omar Aziz | Eduardo Braga

O ex-presidente da Andrade Gutierrez, Otávio Azevedo, em delação premiada nas investigações da Operação Lava Jato, entregou os ex-governadores do amazonas Eduardo Braga (PMDB) e Omar Aziz (PSD), de acordo com reportagem da Revista Veja desta semana, que começou a circular neste sábado, 12. Segundo a reportagem, na delação, Azevedo disse que a empresa pagou propina ao atual ministro de Minas e Energia Eduardo Braga e ao senador Omar Aziz para realizar a obra da Arena da Amazônia.

Licitada por R$ 499,5 milhões, o obra foi concluída ao preço de R$ 757,5 milhões, ou seja,  R$ 258 milhões acima do que foi licitado pelo governo do Estado. A construtora apresentou o menor preço para o empreendimento (exatos R$ 499.508.704,17), superando a proposta da Odebrecht (R$ 504.746.793,70). O edital de licitação previa um valor máximo de R$ 505 milhões.

braga-e-omar-propina-andrade-gutierrez-1O resultado da licitação saiu no dia 3 de março de 2010, um mês antes de Eduardo Braga deixar o governo para o então vice-governador Omar Aziz, que tocou a obra até a inauguração, em março de 2014. A reportagem da Revista Veja não detalha os acordos para o pagamento de propina no Amazonas.

No fim da reportagem, intitulada “Mais um listão”, a revista publica uma lista com os nomes dos denunciados por Otávio Azevedo.

Confira a lista:

A-lista-Veja

Fonte: Amazonas Atual

Roberto Brasil