Omar Aziz inaugura unidades de saúde, lança Ronda no Bairro e Samu Regional no Alto Solimões

By -
Gov. Omar Aziz

Gov. Omar Aziz

O lançamento de novos serviços e inaugurações na área de saúde e segurança marcaram a passagem do governador Omar Aziz pelos municípios de São Paulo de Olivença (a 985 quilômetros de Manaus) e Tabatinga (a 1.108 quilômetros de Manaus), no Alto Solimões, nesta quinta-feira (27). Ao lado do novo ministro da Saúde, Arthur Chioro, do senador Eduardo Braga, do prefeito de Manaus, Arthur Neto, da presidente do Fundo de Promoção Social e primeira-dama do Estado, Nejmi Jomaa Aziz, entre outras autoridades, o governador inaugurou, em São Paulo de Olivença,  o novo Hospital do município, pela manhã. A tarde, a comitiva foi a Tabatinga para lançar o programa Ronda no Bairro,  inaugurar a primeira Unidade de Pronto Atendimento 24 Horas do interior (UPA 24h) e a Maternidade Celina Villacrez Cruz. Na mesma ocasião, foi feito o lançamento do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) Regional do Alto Solimões, que terá abrangência nos nove municípios da região.

Na entrega do Hospital Robert Paul Backsmann, em São Paulo de Olivença, o governador destacou outros investimentos que estão sendo feitos pelo Governo do Estado no município. “Esse hospital era um compromisso que eu tinha com o povo de São Paulo de Olivença, que significa mais qualidade de vida para a população. Além disso, temos o compromisso de melhorar o sistema viário, com 21 quilômetros de ruas que já iniciaram as obras. Vamos também licitar a reforma de três escolas até o final de março mas, antes dessa licitação, nós também vamos licitar um Ceti (Centro de Educação de Tempo Integral) atendendo o pedido de muitas mães de São Paulo de Olivença que querem educação de tempo integral para seus filhos”, ressaltou Omar Aziz.

 

No total, foram anunciados investimentos da ordem de R$ 58,5 milhões para São Paulo de Olivença. Além da reforma das escolas estaduais Nilce Rocha Coelho e Nossa Senhora de Assunção e do Centro Educacional Domenico Mazo, da construção do Ceti e da recuperação de vias, o aporte inclui areforma da orla do município; a construção de uma ponte na comunidade Santa Rita do Véu, visando o escoamento da produção; e, em parceria com a prefeitura local, a adaptação de 50 unidades habitacionais no programa Viver Melhor, para melhor acessibilidade de pessoas com deficiência. Além dessas obras que serão licitadas, está em andamento a construção de um núcleo da UEA, com recursos de cerca de R$ 4 milhões.

 

Mais serviços de saúde, segurança e infraestrutura em Tabatinga – No início da tarde, Omar Aziz anunciou em Tabatinga investimentos da ordem de R$ 60 milhões, principalmente em infraestrutura viária, lançou o programa Ronda no Bairro e, juntamente com o ministro da saúde, Arthur Chioro, e comitiva,inaugurou a UPA 24 Horas e a Maternidade Celina Villacrez Ruiz, que funcionam no mesmo complexo. Na ocasião, também foi lançado o Samu Regional do Alto Solimões, com a entrega de ambulâncias e unidades móveis fluviais (“ambulanchas”), que vão compor a frota de remoção de pacientes.

 

Entre osinvestimentos anunciados, R$ 23 milhões são para recuperação do sistema viário de Tabatinga, com 43 quilômetros de asfalto. “Chegado o verão, vamos acelerar as obras e colocar o asfalto”, disse Omar Aziz. Outros R$ 9 milhões serão investidos na recuperação de ruas do bairro Comara e adjacências, além de 7 quilômetros do acesso à comunidade indígena Umari Açu, que recebeu a visita do governador que, na ocasião, inaugurou uma escola estadual indígena. Entre as novas obras, há ainda R$ 10 milhões para recuperação da orla de Tabatinga, obra que já recebeu ordem de serviço e que aguarda apenas a descida do rio para avançar, além de R$ 4 milhões em novas escolas indígenas e R$ 2 milhões para ampliação da Universidade do Estado do Amazonas.

 

Com o Ronda no Bairro, segundo o governador, é esperada a redução dos índices de criminalidade a partir da presença mais constante do policiamento,  como aconteceu em Manaus e nos municípios onde o programa já foi implantado- Humaitá,  Itacoatiara, Parintins e Manacapuru. “Não tenho dúvida nenhuma que aqui em Tabatinga, pela diversidade e problemas históricos, vocês verão uma presença policial muito maior. E, como se trata de uma polícia comunitária, a relação com a comunidade tem que existir. A população também precisa nos ajudar na fiscalização. Há uma redução dos índices de criminalidade e eu espero uma segurança melhor para Tabatinga”, disse o governador.

 

UPA e Maternidade – O complexo que reúne a UPA 24 Horas ea Maternidade Celina Villacrez Ruiz, inaugurado nesta quinta-feira, conta com 45 leitos, sendo 25 destinados à maternidade e outros 20 na estrutura de atendimento de urgência da UPA, que é a primeira unidade do tipo no interior do Estado.A UPA funcionará 24 horas, adotará o modelo de acolhimento com classificação de risco – que prioriza o atendimento conforme a gravidade do caso – e ofertará atendimento de urgência inclusive em pediatria e ortopedia.

 

A Maternidade, por sua vez, foi toda projetada para oferecer um ambiente acolhedor e adequado às diretrizes do atendimento humanizado, preconizado pela Rede Cegonha. “Dispõe, inclusive, de Unidade de Cuidados Intensivos Neonatais e, entre os serviços ofertados, estará o exame de mamografia, importante para a detecção precoce do câncer de mama”, destacou o secretário estadual de Saúde, Wilson Alecrim.

 

Samu Fluvial – Implantado em parceria com o Ministério da Saúde, o novo Samu Fluvial abrange os nove municípios do Alto Solimões (Amaturá, Atalaia do Norte, Benjamin Constant, Fonte Boa, Jutaí, São Paulo de Olivença, Santo Antônio do Içá, Tonantins e Tabatinga). Cada um deles está recebendo uma ambulância e uma “ambulancha”, para assegurar principalmente o acesso das comunidades ribeirinhas ao serviço.

 

O governador Omar Aziz destaca que a UPA de Tabatinga e o Samu do Alto Solimões são os primeiros serviços do tipo no interior do Estado. “São obras e programas que reforçam o compromisso do Governo em ampliar o acesso da população que vive nos municípios aos mesmos serviços de saúde disponíveis na capital”, afirmou o governador, ao ressaltar a parceria com o Governo Federal, por meio do Ministério da Saúde, na implantação desses serviços. Ele assegurou que, em breve, um novo Samu Regional abrangerá os municípios da Região Metropolitana de Manaus.

 

A Central de Regulação do Samu Regional do Alto Solimões – que atenderá 24 horas e receberá todas as chamadas realizadas para o telefone 192 – está localizada no município de Tabatinga, no mesmo complexo onde o Governo do Estado está inaugurando a UPA e Maternidade Celina Villacrez Ruiz. De acordo com Wilson Alecrim, a partir da regulação feita pela Central é que as ambulâncias e “ambulanchas” serão acionadas, em suas respectivas bases nos municípios para atender as urgências. “A comunicação entre a Central de Regulação e as unidades móveis terrestres e fluviais será realizada por meio de telefone satelital”, frisou o secretário.

 

Toda a equipe de condutores socorristas e técnicos de enfermagem que atuará no Samu Regional do Alto Solimões foi treinada nos mesmos padrões e protocolos de atendimento do Samu que já funciona na capital.

 

Redação