Omar Aziz destina R$ 18,9 milhões em emendas para a saúde no Amazonas

By -

O Senador Omar Aziz, em dois anos de mandato, apresentou R$ 18,9 milhões em emendas destinadas à saúde. O dinheiro, pago pelo governo federal, é destinado para a compra de equipamento e material permanente em hospitais de Manaus e do interior do Amazonas. Em 2015, no primeiro ano de mandato, foram executados R$ 5 milhões. No ano seguinte, o valor chegou a R$ 7,3 milhões, que se encontram em execução (já foram liberados ao Fundo Estadual de Saúde). Neste ano, estão para ser empenhados mais R$ 6,5 milhões.

 

“Este dinheiro é importante para levar os equipamentos mais modernos da área de saúde para o interior do Amazonas. Os grandes hospitais pelo mundo estão constantemente apresentando inovações tecnológicas para salvar a vida dos seus pacientes. É justo que o caboclo do interior também tenha acesso a uma rede de saúde mais digna. É para isso que eu fui eleito”, analisou o Senador do Amazonas.

 

No primeiro ano de mandato, o interior do Amazonas ganhou atenção especial e as emendas beneficiaram o Hospital Geral de Manacapuru, o Hospital Regional de Tefé, a Maternidade Enfermeira Celina Villacrez Ruiz, em Tabatinga, a Unidade Hospitalar de Anori e a Unidade Hospitalar de Novo Aripuanã.

 

Em 2016, as emendas foram destinadas para a capital e para o interior. Em Manaus, as unidades apontadas foram Fundação Cecon, o Hospital João Lúcio, o Pronto-Socorro da Criança nas zonas Sul, Leste e Oeste, o Hospital Platão de Araújo, o Hospital 28 de Agosto, o SPA do Coroado, SPA da Cidade Nova, SPA da Galileia, SPA da Compensa, SPA do São Raimundo, Instituto da Mulher Dona Lindu, Maternidade Balbina Mestrinho, Maternidade Ana Braga, Caimi Ada Rodrigues Viana, Caimi André Araújo, Caimi Paulo Lima, Creps Cardoso Fontes, e Policlínicas Antonio Aleixo, Codajás, Gilberto Mestrinho, João Braga e Zeno Lanzini.

 

No interior, foram contemplados por emendas as unidades em: Benjamin Constant, Manacapuru, Coari, Tefé, Tabatinga, Boa Vista do Ramos, Amaturá, Anamã, Apuí, Autazes, Barcelos, Beruri, Boca do Acre, Caapiranga, Canutama, Codajás, Envira, Guajará, Ipixuna, Iranduba, Itamarati, Itapeaçu, Itapiranga, Japurá, Lábrea, Manicoré, Maraã, Nhamundá, Nova Olinda do Norte, Novo Airão, Pauini, Santa Isabel do Rio Negro, São Sebastião do Uatumã, Silves, Tapauá, Tonantins, Uarini, Urucurá, Urucurituba, Careiro Castanho, Barreirinha e Eirunepé.

Neste ano, o contingenciamento do governo federal refletiu na diminuição do repasse. Ainda assim, Omar Aziz garantiu mais de 61% do valor disponível das emendas para atender a saúde. Foram destinadas emendas ao Hemoam, em Manaus, e para municípios do interior como Presidente Figueiredo, Eirunepé, Tefé, Manacapuru e Iranduba, além de R$ 650 mil para a Marinha reformar navios que fazem atenção à saúde da população ribeirinha.

 

Mario Dantas