Novo Airão situação política

By -

img-20161015-wa0009

A eleição passou, os resultados vieram.

Durante a campanha muitos diziam que a divisão de votos favoreceria aquela que não queriam, mas uma certeza sempre tive, Novo Airão nunca reelegeu nenhum prefeito e esta não seria a primeira vez, cheguei a afirmar que seria diferente sim nesta eleição, pois diferente das anteriores, a atual candidata à reeleição dessa vez “NÃO FICARIA EM 2º LUGAR” cairia de posição de 3º em diante, isso porque este desgoverno foi de fato o PIOR de todos que Novo Airão já teve em toda a sua história. Não foi difícil prever isso. O povo deu a resposta na hora certa.

Infelizmente a divisão favoreceu aquele que tinha mais poder para trazer eleitores de outros Municípios para votarem aqui no dia da eleição, a divisão dos eleitores domiciliados em Novo Airão entre os candidatos Frederico, Baliza e Kleber, favoreceu quem a maioria também não queria. Sejamos justos, NUNCA antes na história de Novo Airão, nosso povo se dividiu tanto dando a 5 candidatos ao cargo de prefeito de Novo Airão, uma votação expressiva com mais de 1 mil votos a cada um, isso foi inédito, assim como também foi a 5ª colocação da Prefeita Lindinalva, candidata à reeleição!

A eleição acabou, e, como já era previsto, o Município entra em uma nova fase de instabilidade pelo fato do candidato ficha suja, Wilton Pereira dos Santos, ter tido a maior parcela de votos dentre os demais candidatos ao cargo de prefeito, obtendo 28,64% (2.458 votos) das intenções. O candidato concorreu sob efeito de liminar que suspendeu temporariamente os efeitos de sua inelegibilidade, no momento aguarda julgamento desse recurso, pois a liminar concedida não teve a manifestação do Ministério Público. O candidato também teve o seu Pedido de Registro de Candidatura impugnado pelo Ministério Público Eleitoral (MPE) de Novo Airão, mas o juiz da Comarca ignorou a manifestação do MPE e decidiu contrário a este. O MPE não aceitou a decisão do juiz e recorreu ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE), que até a presente data não julgou o processo.

Roberto Frederico Paes Junior (Frederico Junior) entretanto, obteve 22,73% (1.951 votos) das intenções, e pode se tornar o novo prefeito de Novo Airão, caso os julgamentos pendentes de Wilton ocorram em conformidade com a lei, e invalidem sua candidatura. Entretanto, infelizmente as leis eleitorais deixam suas “brechas” para beneficiar “colarinhos brancos” e, no Poder Judiciário, como todos sabem, também pode haver corrupção, ainda mais em se tratando de Novo Airão, terra onde tudo é possível acontecer.

Ainda vamos acompanhar os próximos capítulos dessa minissérie, para saber quem de fato será nosso próximo prefeito.

Independente do resultado final, queremos é uma gestão limpa de corrupção e bem longe de desvios dos recursos públicos, sem Notas Fiscais superfaturadas ou falsas, um governo com ações voltadas à prosperidade da economia e progresso de Novo Airão.

Wilton ou Frederico, só queremos que lembrem de que 18 mil pessoas domiciliadas em Novo Airão esperam pelo melhor daqui pra frente, que não repitam erros cometidos em administrações anteriores à atual, que só prejudicaram e afundaram nossa cidade nesse mar de regresso em que Novo Airão se encontra hoje. // Vera Garrido Filha

Mario Dantas