Nova Guarda Municipal é uma das metas de Hissa

By -

guardas-2

Reestruturar a Guarda Municipal é uma das metas do prefeiturável Hissa Abrahão, da Coligação “Novas Ideias, Novo Caminho” (PDT/PSDC), para a área de segurança e cidadania.  Segundo Hissa, atualmente, o atual formato da Guarda não cumpre um papel fundamental na sociedade, que é a prevenção da criminalidade nas comunidades da capital e zona rural.
O prefeiturável destaca que nos dias atuais o efetivo se limita a resguardar apenas os prédios públicos do município. Lembrando que em agosto de 2014, o governo federal sancionou a lei que garante aos guardas municipais o poder de polícia e o porte de armas, Hissa Abrahão garante que em tese os guardas podem ajudar o Estado na prevenção e se for o caso, na repressão de crime, desde que devidamente treinados.
Ele ressaltou que os agentes de segurança do município não têm a estrutura necessária para atuar nas ruas, por isso a importância de um treinamento apurado e especializado.  “Manaus é a 23ª cidade mais violenta do mundo. Ninguém percebe a presença da Guarda Metropolitana nas ruas. Não entra em bairro, não patrulha, não fiscaliza. Isso porque a prefeitura não investiu em material humano e nem na infraestrutura”, declarou.
Hissa Abrahão informou que em sua gestão haverá concurso público para triplicar o efetivo da guarda (aproximadamente 500 homens).  “A segurança é dever do Estado, mas a prefeitura pode ajudar no combate à criminalidade. Em parceria com o Ministério da Justiça, o executivo terá recurso federal para criar a Secretaria Municipal de Cidadania, e com isso, reestruturar a Guarda com mais agentes e mais equipamentos”, disse.
O candidato ressaltou que será criado o Grupo Especial da Prefeitura (Goep), um efetivo armado da Guarda Metropolitana que atuará em combate à criminalidade nos pontos nevrálgicos da cidade. “Vamos investir em material humano e nas tecnologias de ponta com novas viaturas, armamento letal e não letal, entre outros. Valorizar o trabalhador que já atua na área. Vamos armar de forma criteriosa os nossos homens, para que ao menos 10% deles estejam aptos a atuar com arma. O que queremos é contribuir, em parcerias com as polícias Civil e Militar, na área de segurança e levar a tão sonhada sensação de paz”.
No projeto de Hissa, a Guarda Municipal estará em todos os bairros de Manaus, contribuindo na paz e na ordem dentro e no entorno das escolas, praças e centros de saúde e esportivo.

Infraestutura
Além da reformulação da Guarda Municipal, Hissa disse que a prefeitura precisa priorizar as ruas dos bairros com um asfalto e uma iluminação de qualidade. “O que mais ouço dos amigos policiais é a reclamação das ruas esburacadas e mal iluminadas. Muitas viaturas não patrulharam como deveriam porque o veículo não entra nas vias devido á buraqueira.  Ou seja, a prefeitura tem de fazer a sua parte colaborando de forma direta com a segurança pública”, concluiu.

Mario Dantas