Nova diretoria da Eletrobras Amazonas Energia faz balanço dos primeiros 75 dias

By -
A nova diretoria falou sobre vários assuntos, como apagões e greve dos funcionários da entidade

A nova diretoria falou sobre vários assuntos, como apagões e greve dos funcionários da entidade

Da Redação – Foi realizada nesta quarta-feira (17), na sede da Eletrobras Amazonas Energia, localizada na avenida Sete de Setembro, Centro, uma coletiva sobre o balanço dos primeiros 75 dias da nova diretoria da entidade presidida pelo engenheiro Antônio Carlos Faria de Paiva.

Segundo esse balanço inicial, está sendo feito um planejamento, bem como uma revitalização na parte de distribuição, geração e transmissão no parque energético do Amazonas. No período de 2015 à 2019 está previsto um investimento na ordem de R$ 1,9 bilhões através de ações conjuntas, ampliação das usinas a gas, reforço de 180 MW, entre outros.

O engenheiro Antônio Paiva afirma que a greve dos eletricitários não afetou os serviços

O engenheiro Antônio Paiva afirma que a greve dos eletricitários não afetou os serviços

Em relação aos constantes apagões que atingiram Manaus nos últimos meses, o diretor-presidente, Antônio Paiva, informou que houve uma redução no tempo de desligamentos e na frequência deles por conta das inspeções feitas em várias áreas, bem como a manutenção da rede, como postes, suportes, fios, entre outros. “Esse é um trabalho que fazemos diuturnamente e há um planejamento de longo prazo em função do número de postes (cerca de 150 mil). Existem peças em 120 mil deles que precisam ser ,uma vez que já estão há 30 anos no sistema instaladas e que vem a quebrar por algum motivo. Isso gera desligamentos”, disse.

eletrobras-balanco-75-dias_blogdafloresta 2

Greve dos eletricitários

Quanto a greve dos servidores da companhia deflagrada no começo do mês, o dirigente informou que a paralisação é uma demanda dos trabalhadores na participação dos lucros e resultados, mas que está sendo conduzida pela Eletrobras. “Felizmente, no Amazonas, poucos eletricitários têm aderido a greve, uma vez que estão com uma paralisação de 15%. Então todas as nossas estações estão operando normalmente tanto na capital quanto no interior”, finalizou Paiva. (Roberto Brasil – Fotos: Áida Fernandes)

Roberto Brasil