Nota de Esclarecimento e alerta às autoridades públicas

By -

greve dos professoresOs professores da ESBAM, em greve desde o dia 20.12.2014, INFORMAM que, em assembléia geral convocada pelo Sindicato de Professores, no último dia 12.02.2015, decidiram, à unanimidade, manter a greve, pois foi rejeitada a proposta da ESBAM de retorno ao trabalho sem o pagamentos dos salários dos meses de outubro, novembro, dezembro, janeiro, 13o salários, 1/3 de férias, recolhimento do FGTS dos últimos anos e do INSS descontados de nossos salários.

ALERTAM que a ESBAM recebeu os valores de rematrícula e mensalidade do mês de janeiro/2015 de seus alunos e não pagou os seus professores, em clara desobediência ao ajustado com o Ministério Público do Trabalho e à ordem liminar concedida pela Justiça do Trabalho.

Era o que tínhamos a informar.

Os professores em greve

Roberto Brasil