No Dia do Estudante, governador José Melo reúne com representantes estudantis para discutir melhorias no ensino

By -
Segundo José Melo, o projeto da Cidade Universitária da UEA deve estar totalmente pronto em até cinco anos

Segundo José Melo, o projeto da Cidade Universitária da UEA deve estar totalmente pronto em até cinco anos

O governador José Melo recebeu, na tarde desta terça-feira, 11 de agosto, representantes do Diretório Central dos Estudantes da Universidade do Estado do Amazonas (DCE/UEA), União Estadual dos Estudantes (UEE/AM), União Nacional dos Estudantes (UNE) e da Associação de Servidores da UEA. No encontro foram apresentadas propostas para contribuir com a melhoria do ensino na rede pública.

melo-e-estudantes-melhorias-2Participaram da reunião, o chefe da Casa Civil, Raul Zaidan, e o reitor da UEA, Cleinaldo Costa. Entre as propostas apresentadas pelos representantes estudantis está a concessão de passe livre para todos os estudantes de Manaus; a criação da Casa do Estudante, um espaço para abrigar todos os diretórios, de um restaurante universitário, que atenda alunos tanto de faculdades públicas quanto privadas, e de creches universitárias, entre outros pontos.

O governador afirmou que, com o projeto da Cidade Universitária da UEA, que deve estar totalmente pronto em até cinco anos, muitos desses pleitos serão contemplados. De acordo com ele, com o novo complexo que será construído, empresas de vários setores irão se instalar no local, o que deve garantir recursos na ordem de R$ 400 milhões, que serão empregados em um fundo da Universidade. “Ali será um lugar em que todos vão querer investir e isso será revertido para a UEA”, frisou.

melo-e-estudantes-melhorias-4José Melo determinou também ao chefe da Casa Civil, Raul Zaidan, que verifique a existência de algum prédio público que possa ser doado às entidades e pediu para que seja elaborado um projeto técnico da proposta, inclusive com maneiras de arrecadar recursos para a manutenção do espaço.

O governador informou, ainda, aos estudantes que, até o final do ano, serão inaugurados outros seis restaurantes universitários em unidades da UEA, sendo três na capital e os outros três nos municípios de Tefé, Tabatinga e Itacoatiara. Sobre a criação do restaurante universitário que atenderia alunos de outras instituições, ele afirmou que a viabilidade do projeto será estudada.

Roberto Brasil