No 184º Aniversário de Maués, o Prefeito Júnior Leite anuncia obras no valor de R$ 10 milhões

By -

Da Redação – Neste domingo, dia 25, o município de Maués comemora o seu 184° Aniversário e ontem, sábado (24), o Prefeito Júnior Leite entregou várias obras e equipamentos à população obtidos com recursos próprios e anunciou outro pacote no valor de dez milhões de reais marcando assim o inicio de uma nova gestão. A festa à noite contou com cantores locais, show pirotécnico e a apresentação de Wanderley Andrade, contando com a participação dos deputados Sidney Leite e Wanderley Dallas, além do Prefeito de Manacapuru, Beto D´Ângelo, e vereadores, entre outras autoridades.

Revitalizando a saúde

Cumprindo uma extensa programação, o Prefeito Júnior Leite entregou a Unidade Básica de Saúde (UBS) Francisco Sergio de Oliveira Leite, localizada no bairro de Santa Luzia. A obra de R$ 120 mil estava parada por mais de quatro anos e agora beneficiará a sete mil habitantes da comunidade. “É uma obra importante porque as pessoas tinham que se deslocar até outros postos de saúde próximos”, afirmou Elias Viana, 55, morador do bairro há de 20 anos.

A enfermeira Francisca Lima explicou que as doenças que prevalecem são o dengue, as diarreias, viroses e verminoses e que estão trabalhando em campanhas de sensibilização à população para diminuir os índices.

O Prefeito de Maués anunciou ainda a entrega nos próximos meses de uma ambulância, uma UBS fluvial e destacou o Programa Leite de Soja (R$ 200 mil) no combate à desnutrição, assim como também o incentivo ao esporte para lograr a qualidade de vida. “Encontramos uma saúde desestruturada, apenas um médico no hospital. Não havia medicamentos para os 63 mil habitantes. Agora estamos iniciando uma nova gestão de respeito às pessoas e já contamos com quatro médicos cirurgiões, além de exames de ultrassonografia, endoscopia, mamografia e acompanhamento à mulher entre outros”, salientou.

Praça da Alimentação iluminada e entrega de equipamentos

No inicio da noite foram acesas as novas lâmpadas led colocadas para iluminar a Praça da Alimentação, entregues 16 boxes comerciais, equipamentos da produção rural, entrega de telhas para três famílias representando os moradores que receberão o beneficio, bem como bicicletas aos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e quatro carros foram apresentados para o trabalho em saúde.

“Este pacote de obras irá gerar empregos na área da construção, entre outros. Maués tinha jeito, o que faltava era Prefeito. Estamos trabalhando por um novo município e convoco a todos a se unirem para avançar”, disse o deputado Sidney Leite num discurso emocionado.

O Prefeito Junior Leite destacou a entrega de obras e equipamentos com recursos próprios e anunciou 50 poços artesianos para as comunidades indígenas, embelezamento das ruas da cidade, a reabertura do Banco do Povo para atender as comunidades rurais, um novo cemitério, a revitalização das estradas vizinhais, construção de creches, cursos de graduação e pós graduação para os professores.  “Iremos construir uma escola com 12 salas, reformar e ampliar 40 escolas na área rural com o custo de quatro milhões de reais. Iremos entregar transporte fluvial para os agentes de saúde e o hospital que foi inaugurado em 2010 e nunca ganhou uma pintura agora será reformado”, frisou.

Investimento no setor primário

“Metade da população da área rural em Maués tem passado dificuldades especialmente no investimento. Na última década a plantação de guaraná reduziu 50% e hoje vivemos um momento delicado. Por conta disto tivemos que realizar um planejamento para os 12 polos agrícolas com equipes multidisciplinares,”, informou Júnior Leite.

Explicou ainda que as produções locais serão vinculadas à merenda escolar e se desenvolverão plantios de guaraná e açaí com um milhão de mudas para recuperar o setor porque a produção local não abastece o mercado interno e a farinha também ganhará investimento.

Situação do Porto de Maués é pela inércia politica

“A situação do Porto é devido à inércia política das gestões anteriores. Estamos numa situação de embargo de bens e outros que impossibilitam resolver. Há uma dívida de aproximadamente dez milhões, mas estou decidido a entregar nesta gestão. Herdamos muitas dívidas como da Amazonas Energia, entre outras”, finalizou o prefeito da terra do guaraná. (Mercedes Guzmán)

Roberto Brasil