Neymar faz golaço contra a Juventus e segue calado

By -

No dia em que a imprensa francesa garantiu que Neymar aceitou a proposta do Paris Saint-Germain, o craque fez a diferença a favor do Barcelona. Em amistoso de pré-temporada contra a Juventus, disputado neste sábado em Nova Jersey, nos Estados Unidos, pela International Champions Cup, o brasileiro mostrou por que é um dos melhores jogadores do mundo. Fez os dois primeiros gols do time catalão na vitória por 2 a 1 sobre os italianos. O segundo foi um golaço – driblou meio time adversário antes de “fuzilar” Buffon.

Neymar jogou apenas o primeiro tempo, período em que foi de longe o melhor em campo. A princípio, evitou falar sobre o seu futuro, como fizera nos últimos dias. E as especulações continuaram neste sábado. O jornal francês Le Parisien, um dos maiores do país, garante que o astro brasileiro já até avisou a seus companheiros de Barcelona que sairá nesta janela de transferências internacionais. “Neymar disse sim ao PSG”, estampou o diário em sua capa.

Na Espanha, porém, a imprensa, sobretudo a catalã, assegura que o craque foi convencido a permanecer no Barcelona por alguns companheiros, entre eles Piqué e Luis Suárez. O presidente do Barça, Josep Maria Bartomeu, voltou a dizer estar “tranquilo” em relação à permanência de Neymar e o técnico Ernesto Valverde afirma contar com o brasileiro.

Em campo, Neymar deu mostras de não estar confortável com tanto burburinho. Comemorou muito o primeiro gol, que fez após tabelar com Alcacer, mas não sorriu. Também conversou a expressão séria em seguida ao segundo gol, um gol de placa. Ele recebeu pela esquerda, driblou cinco jogadores da Juventus e bateu forte na saída de um atônito Buffon.

O Le Parisien ressalta que o que ainda falta a ser definido é apenas a forma de pagamento da multa rescisória, de 222 milhões de euros (R$ 810 milhões), que o brasileiro possui com o clube espanhol. Está sendo estudada alguma forma de os franceses não serem punidos com o Fair Play Financeiro, estabelecido pela Uefa para que um clube não gaste muito mais do que arrecada. Se confirmada, a transferência será, de longe, a mais alta da história do futebol.

Segundo a rede ESPN, Neymar e seu pai mantiveram contato com os donos do Paris Saint-Germain e o diretor esportivo Antero Henrique nos últimos dias, acertando contrato de quatro anos, com ganhos próximos a 30 milhões de euros (R$ 109,5 milhões) a cada temporada, já descontados os impostos.

Além disso, o craque ainda receberia luvas e uma parte dos lucros em alguns empreendimentos comerciais da Oryx Qatar Sports Investments, dona do Paris Saint-Germain, em Paris.

ESTADÃO CONTEÚDO

Roberto Brasil