Na Aleam, exposição ‘Educando para Recordar’ lembra Holocausto

By -

“Na minha infância e adolescência, convivi muito com colegas de famílias judaicas que passaram pela atrocidade do nazismo”, destacou Luiz Castro

A Embaixada Mundial dos Ativistas Pela Paz (EMAP) realiza a Exposição Fotográfica e Audiovisual Educando para Recordar, sobre o Holocausto, até quinta-feira (16), no térreo da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam). Aberta ao público, o cidadão pode conferir as fotos e pôsteres de 08h às 14h.

O deputado estadual Luiz Castro (Rede) visitou a mostra em recordação ao Dia Internacional das Vítimas do Holocausto (lembrado no dia 27 de janeiro). Em seu discurso da Tribuna, o parlamentar salientou a importância de repetir a cultura da paz, em qualquer momento da História.
“Na minha infância e adolescência, convivi muito com colegas de famílias judaicas que passaram pela atrocidade do nazismo. Houve muitos momentos, na História, de perseguição daqueles que não concordavam com o regime vigente, inclusive no Brasil”, lembrou o deputado.
A coordenadora da Embaixada Mundial dos Ativistas Pela Paz (EMAP), Cleusa Martins, explicou que a EMAP é uma organização sem fins lucrativos cujo objetivo é recordar o passado para que não se repita os mesmos erros.
“O Holocausto foi algo terrível e, se esquecermos, pode acontecer de novo. Por isso, realizamos essa exposição em todo o mundo e Manaus não poderia estar de fora”, assinalou. Segundo Cleusa, a Exposição também apresentará vídeos educativos para o público, a partir desta quarta-feira (15).

Roberto Brasil