Municípios receberão 159 grupos geradores em 60 dias

By -
“Levamos 8 meses fazendo um minucioso levantamento para identificar as demandas por energia elétrica em cada município", informou Antônio Paiva

“Levamos 8 meses fazendo um minucioso levantamento para identificar as demandas por energia elétrica em cada município”, informou Antônio Paiva

“Até, no máximo, dia 25 de abril deste ano, todas as nossas 91 usinas termelétricas do sistema isolado nos 57 municípios do Amazonas estarão com novos geradores de energia instalados e já em operação”. A afirmação é do presidente da Eletrobras Distribuição Amazonas, Antônio Carlos Faria de Paiva, que na manhã desta quinta-feira (25/02), assinou os contratos com as empresas que passarão a gerar energia no interior do estado.

De acordo com Antônio Paiva, as empresa têm até 60 dias para instalar os novos geradores nas usinas termelétricas do interior. “Essa geração vai permitir que a população do Amazonas receba uma energia mais segura e contínua, inclusive nos permitindo fazer a manutenção de nossos equipamentos sem ter que interromper o fornecimento aos clientes”, disse o presidente, durante entrevista coletiva na tarde desta sexta-feira.

Antônio Paiva destacou a importância do apoio do Ministério de Minas e Energia em todo o processo para a contratação dos 124,8 MW de geração de energia para o Amazonas. “Levamos 8 meses fazendo um minucioso levantamento para identificar as demandas por energia elétrica em cada município. Levamos esse estudo ao ministro Eduardo Braga, que entendeu a necessidade da contratação emergencial até que entrem em atividade os Produtores Independentes de Energia, o que deve acontecer até o segundo semestre de 2017”, informou.

O contrato com as empresas geradoras de energia prevê a instalação de 159 novos grupos geradores nas usinas termelétricas dos 57 municípios amazonenses que estão no sistema isolado. Os investimentos são da ordem de R$ 100 milhões por ano.

Roberto Brasil