‘Mulher: Liberdade e Empoderamento’ é tema de debate na Aleam

By -

filme-os-anseios-das-cunhas 02Da Redação – Nos dias 18 e 19 de maio, a partir das 09h, no Auditório João Bosco Ramos de Lima da Assembléia Legislativa do Amazonas (ALEAM), se realiza a Conferência de Mulheres com a presença de mulheres de diversos segmentos da sociedade. O tema ‘Mulher: Liberdade e Empoderamento’ abordará as políticas para as mulher e na oportunidade será  exibido o filme ‘Os anseios  das cunhãs” da escritora amazonense Regina Melo.

Inspirado na 4ª Conferência Nacional de Políticas para as Mulheres, que define a participação da sociedade civil e do poder público, os debates abordam políticas para as mulheres, é o caso do projeto “Mulheres em Cena”, contemplado no Edital de Patrocínios do Banco da Amazônia para 2016, proposto pela escritora e produtora de audiovisual Regina Melo, se realiza com a participação de mulheres de diversos segmentos sociais, culturais e econômicos de Manaus e Belém.

filme-os-anseios-das-cunhas 01Políticas para as mulheres

Igarapé Produções apresenta o filme de Regina Melo, “Os anseios das cunhãs”,  contemplado no Prêmio Carmen Santos Cinema de Mulheres inspirou o projeto “Mulheres em Cena”, aprovado pelo Banco da Amazônia, no Edital de Patrocínio 2016,e faz parte da Conferência Livre de Mulheres, que irá debater o tema “Mulher: Liberdade e Empoderamento”, compreendendo a discussão sob três eixos: 1) Políticas Públicas (saúde, inclusão, mercado de trabalho, segurança, combate à violência contra a mulher); 2) Direitos (participação social, política, legislação); 3) Liberdade (sexualidade, respeito, independência, prostituição, tráfico, legislação).

A Conferencia de Mulheres se realiza em parceria com o Fórum Amazonense de Saúde Mental e o apoio do deputado Luiz Castro, como parte das ações do projeto “Mulheres em cena, no primeiro dia, pela manhã, haverá exibição do filme e abertura para questionamentos sobre o tema abordado no curta-metragem de Regina Melo (“Os anseios das cunhãs”). À tarde, discussão em grupos por subtemas. No dia seguinte, plenária para apresentação e votação das propostas.

filme-os-anseios-das-cunhas 05Um dos objetivos é diminuir o preconceito contra a mulher

Segundo a escritora Regina Melo “Os anseios das cunhãs” foi um dos 10 projetos contemplados, em 2013, no Prêmio Carmen Santos Cinema de Mulheres, da Secretaria de Audiovisual do Ministério da Cultura e realizado por uma equipe de mulheres, o filme retrata a vinda das índias e caboclas do interior amazonense para a capital da Zona Franca, onde passam a ocupar as ruas e a expor seus dramas e anseios. “O filme foi produzido com 23 profissionais das áreas de cinema, música e teatro, dos quais, 18 são mulheres. Um número significativo, dadas as condições em que a mulheres se encontram inserido atualmente no mercado cinematográfico brasileiro – algo em torno de pouco mais de 20% “, salientou Melo.

As exibições serão seguidas de debate sobre protagonismo feminino, ocasião em que serão discutidas questões como liberdade, violência, preconceito e intolerância, dentre outros. O projeto terá registro em filme e fotografias que serão entregues ao Banco da Amazônia e servirão para subsidiar futuros projetos sobre o tema.

filme-os-anseios-das-cunhas 03“Com o projeto, pretendemos, além de divulgar o filme, promover debate acerca dos principais problemas vivenciados pelas mulheres na busca por seus direitos e liberdade, colaborando com a diminuição do preconceito contra a mulher, fortemente presente na sociedade em que vivemos”, frisou a autora do filme.

Na oportunidade pretende se discutir questões fundamentais, tais  como: saúde (física e mental, maternidade, direitos trabalhistas, aposentadoria, etc.), ouvir experiências vividas por mulheres, de forma a extrair dos debates propostas para resolução dle conflitos, vividos tanto nos ambientes familiares, quanto sociais, debater o empoderamento das mulheres, como contribuição para uma sociedade mais justa e difundir o cinema realizado por mulheres.

“Esperamos com o projeto que os debates realizados possam trazer subsídios que levem a articulações e benefícios futuros às mulheres, que as experiências narradas possam contribuir para o avanço de projetos sobre o protagonismo feminino, que o projeto possa estimular o empoderamento das mulheres em seus diversos segmentos de atuação”, salientou Regina Melo. (Mercedes Guzmán)

Roberto Brasil